FRANCISCO E A RELIGIÃO MUNDIAL

O PAPA FRANCISCO CONDENA O RACISMO E DECLARA QUE “TODAS AS RELIGIÕES ESTÃO CERTAS” NUM TERCEIRO CONSELHO HISTÓRICO NO VATICANO

 

Fonte

 

Para um plateia que o aplaudiu estrondosamente, o Papa Francisco afirmou que “Muçulmanos, Hindus e Animistas Africanos também foram feitos à imagem de Deus, e odiá-los é o mesmo que odiar a Deus! Rejeitá-los é rejeitar a Deus e ao Evangelho de Cristo. Estejamos adorando numa igreja, ou sinagoga, ou mesquita, ou em um templo hindu (mandir), isso não importa. Se o chamamos de Deus, Jesus, Adonai, Alá ou Krishna, todos nós adoramos o mesmo Deus de amor. Essa verdade é auto-evidente para todos os que têm amor e humildade em seus corações!”

 

3 Então ele me levou em espírito a um deserto; e vi uma mulher montada numa besta cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e que tinha sete cabeças e dez chifres.
4 A mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas; e tinha na mão um cálice de ouro, cheio das abominações, e da imundícia da prostituição;

Apocalipse 17:3-4

 

Eu gosto do novo Papa. Gosto do fato dele não estar dormindo no Vaticano. Gosto do seu estilo mais light. Gosto do sorriso dele. Ele parece ser um cara legal. No entanto, tenho minhas reservas em aceitar essas coisas pelo fato dele ser um Jesuíta. Os Jesuítas lideravam a inquisição que torturou e assassinou milhões de pessoas, tudo no nome de Deus! Que Deus? O deus desse mundo, o Caído, Satanás. Então, desde que o Papa Francisco tomou as rédeas da igreja Católica, tenho esperado para ver o que ele faria como Papa e, mais importante, o que ele diria. Esse recente discurso acima é ao mesmo tempo sóbrio e chocante e, na minha opinião, nos mostra com quem estamos lidando.

 

Francisco declara:

“Muçulmanos, Hindus e Animistas Africanos também foram feitos à imagem de Deus, e odiá-los é o mesmo que odiar a Deus!”

 

Concordo com ele. Todos nós somos feitos a imagem e semelhança de Deus. Eu entendo perfeitamente isso e é por isso que podemos interagir com qualquer um no planeta, não importa a sua crença e devemos amá-los como o Messias os ama, independente se são Muçulmanos, Hindus ou Animistas Africanos ou seja lá o que for! No entanto, é a próxima declaração que me arrepia até os ossos, pois ela é extremamente enganadora e falsa.

 

“Se o chamamos de Deus, Jesus, Adonai, Alá ou Krishna, todos nós adoramos o mesmo Deus de amor.

 

Essa declaração NÃO é verdade! Francisco e outros que pensam dessa forma gostariam que isso fosse verdade, mas infelizmente não é. Entendo que aqui irei ofender algumas pessoas, mas eu falo com o conhecimento próprio de uma pessoa que já seguiu correntes do misticismo oriental e também da nova era. Eu tive espíritos guia. Meu terceiro olho fora aberto. Eu adorava outros deuses. Nada mudava dentro de mim até que eu pedi que Jesus entrasse em minha vida. Não importava a quantidade de boas obras ou horas de meditação, nada disso me mudava por dentro. Para aqueles que acham que estou falando de religião, eu não estou. Estou apenas mostrando uma experiência que aconteceu com os Apóstolos na igreja primitiva há 2000 anos atrás, tendo nascido do alto, conhecendo o Deus vivo e ter o Seu Espírito vivendo dentro de nós. Isso mudou o mundo antigo. No entanto, poucos séculos após os Apóstolos e a igreja primitiva, o Cristianismo se tornou uma religião estado com o decreto do Imperador Romano Constantino, e então, o estabelecimento de um sacerdócio cheio de armadilhas tomou conta e seguiu caminho. Não estou falando do movimento moderno chamado The Way (O Caminho), mas que se perdeu na corrupção da igreja com indulgências, confessionários, o papado e tudo mais o que Lutero protestava contra séculos mais tarde!

 

É importante entendermos que todos nós não adoramos o mesmo deus de amor, por mais estranho que isso possa parecer. Só existe um que cumpriu inúmeras profecias sobre o Seu nascimento e morte. Só existe um que deu a Sua vida por toda a humanidade. Só existe um Príncipe da Paz, que é Yashua/Jesus. Só existe um que está voltando com os exércitos do céu para derrotar o Inimigo. Só existe um que sentará como Rei em Jerusalém. Só existe um que juntará todas as tribos da Terra que quando O verem, O reconhecerão como o único Filho.

 

Francisco está preparando o palco para a religião única mundial que está por vir. Ele declara que todas as religiões adoram o mesmo deus. Eu nunca aceitarei isso e lutarei contra isso com “papel e caneta” na internet! Deus é um Deus de Amor e Ele enviou Seu filho ao mundo. O Papa Francisco deveria pegar a sua Bíblia que deva ter jogado fora, soprado a poeira de cima dela e ler isso:

 

16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

João 3:16

 

Esse é Yashua/Jesus e ninguém mais…

Anúncios

4 comentários sobre “FRANCISCO E A RELIGIÃO MUNDIAL

    1. O problema é que os meios de mídia escrita oficiais do Vaticano filtram o que ele fala e postam o necessário para afastar controvérsias. Assim se cria um estado de confusão que é cômodo para o Papa, onde ele fala o que quer e depois desmentem de maneira escrita. Lembre-se de que ele é jesuíta e fará de tudo para alcançar os objetivos de sua ordem.

  1. Entendo o que vc está dizendo e concordo que evitem divulgar e até neguem alguns (ou muitos fatos), mas neste caso ao fazer uma busca encontrei que não houve ainda um terceiro concilio. E caso tivesse ocorrido acredito que o assunto, independente do seu conteúdo, teria um grande destaque em diversos veículos de comunicação e isto não aconteceu. Seria quase impossível não saber sobre o episódio, ainda mais com este papa tão “popular”. Na matéria que vc sugere a leitura afirma que houve um terceiro concilio. Não é estranho? Ivanil

    1. Pois é, também procurei sobre isso, pois o que posto aqui é minha tradução de artigos de um dos sites que pesquiso, neste caso o http://www.raidersnewsupdate.com
      e confesso que dessa vez eu não corri atrás da origem da notícia, pois acompanho o site há muito tempo e li vários livros do autor Tom Horn e Chris Putnam, que são pesquisadores de primeira. Além de que o Papa Francisco já havia feito outras declarações perturbadoras dizendo que até os ateus vão pro céu, e isso deu trabalho para a imprensa do Vaticano na época. Não sou dono da verdade e sei que você é um bom leitor, que consegue ler e ficar vigiando, que é o que faço, apenas vigio. Sei que algumas notícias são meio bombásticas, mas vigiemos, pois o Senhor voltará como um ladrão e não sabemos quando. Fiquemos atentos aos acontecimentos para não sermos pegos de surpresa. Obrigado pela observação. Ficarei mais atento quanto a isso. O problema é que podemos pensar também em até onde a imprensa oficial do Vaticano também já não estará completamente controlada pelos jesuítas. Recomendo a leitura do livro Exo-Vaticana e verás que o complexo astronômico mais avançado do mundo (do Vaticano) está sob total controle dos Jesuítas, que estão preparando algo grande. Procure aí no meu blog alguns capítulos que traduzi desse livro e “keep watching”

Os comentários estão desativados.