ESPERANDO NO SENHOR

QUANDO JESUS ESPERA

48 HORAS

 

por Dr. Dan Stolebarger

 

Quando Jesus ficou sabendo da situação de Lázaro, Ele “ficou mais dois dias”…”48 horas.” Por que Ele esperou? Por que acontecem coisas ruins a pessoas boas? Onde está a proteção de Deus?

 

Para muitos de meus amigos, 2013 foi um ano difícil, cheio de dores, pesares e até mesmo a perda de membros da família. Muito andaram pelo provérbio da “noite escura da alma” e a maioria deles ainda aguar pela promessa da “alegria vem pela manhã”. Tenho estado pelejando através de meus próprios julgamentos, assim como esperando em dar algum alívio aos amigos que sofrem, assim sendo eu procurei nas Escrituras, e até mesmo a algumas tradições do Judaísmo.

 

Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. Quando, pois, ouviu que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde se achava. João 11:5-6

 

Para aqueles que se encontraram com a morte de amados e membros da família, compartilhamos o conceito de “sentar-se sheva”, tentando seguir o conselho de Paulo para os Romanos:

 

Alegrai-vos com os que se alegram; chorai com os que choram; Romanos 12:15

 

Eu sei o que é atravessar tempos difíceis e quão fácil é achar um versículo para tentar ajudar a acalmar a dor, mas às vezes os nossos amigos não precisam ouvir um versículo ou ler um “grande livro”; eles simplesmente precisam de alguém para se apoiar, alguém que possa simplesmente ouvi-lo e orar silenciosamente. Uma vez que mencionei sobre a “sentar-se sheva”, deixe-me dar uma definição:

 

“Sentar-se sheva” é considerado um grande mitzvah (literalmente um “mandamento”, mas usualmente interpretado como “bons modos”) de bondade e compaixão. Tradicionalmente, cumprimentos não são trocados entre amigos, que simplesmente esperam aos que sofrem iniciarem a conversa, ou permanecem em silêncio se aqueles que sofrem assim o desejam, tudo em respeito ao seu sofrimento. Amigos virão e se sentarão no chão e trarão conforto àquele que sofre primeiramente pela sua presença.

 

Na semana passada, eu estive lendo e escrevendo meu KFIR diário devocional, quando me deparei com João 11:5-6 e muitas coisas me vieram à cabeça…quando Ele soube da situação de Lázaro, Ele “ficou onde estava mais dois dias”…. 48 horas!”

 

Mas esse atraso não passou desapercebido por Maria e Marta:

 

Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa. Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. João 11:20-22; 32

 

Eu gostaria de ter o vídeo dessa conversa, pois é muito fácil ficarmos espiritualizando as coisas. Fico imaginando o quão essas mulheres não estariam distraídas, mas certamente ressentidas dessas 48 horas, as quais foram percebidas por elas como um abandono? Nós também sabemos que Jesus foi tomado por todos os tipos de emoção no decorrer desse evento, principalmente ao lermos essas duas eletrizantes palavras: Jesus perturbou-se!

 

  • Por que Ele esperou 48 horas?
  • Por que coisas ruins acontecem a pessoas boas?
  • Onde está a proteção de Deus?
  • Por que Deus não cura nossas crianças quando oramos por elas?
  • Por que Deus permite acidentes horríveis?

 

Vocês sabem que essa é apenas a ponta do iceberg, e eu poderia aqui me alongar escrevendo sobre todas as coisas ruins que são causadas pelo mal que veio a este mundo depois da Queda. Ao me debruçar sobre esse monte de coisas ruins, comecei a pensar sobre aqueles que partiram antes de nós e começaram a pensar sobre suas “48 horas” de experiência real em suas vidas!

 

  • Imaginem Abraão e aqueles 3 dias que ele teve que suportar. Ao andar pelo Monte Moriá, ele sabia que quando ele chegasse ao topo, teria que matar seu amado filho.
  • Imagem Jacó trabalhando no campo para seu tio Labão, pensando se tudo aquilo um dia teria fim, pensando se um dia ele seria capaz de voltar para casa sem sofrer com o ódio de seu irmão.
  • Imaginem Moisés e o tempo que ele passou pastoreando ao pé da montanha, as ovelhas de seu padrasto, pensando se ele havia sido esquecido e por que as coisas mudaram tanto de uma hora pra outra.
  • Imaginem Josué e sua derrota em Ai. As vitórias ao cruzar o Jordão e as muralhas de Jericó eram memórias distantes como se ele não as tivesse tido e nem estado perante Deus!
  • Imaginem Rahab e os dias que ela passou. Sim, ela havia feito um acordo, mas sera que Deus realmente a salvaria? Uma prostitute gentio? Penso no que ela estava sentindo ao ver os Israelitas cercarem sua cidade?
  • Pense sobre Rute e Naomi e sua viagem de volta a Moabe. A morte veio aos maridos delas e elas deviam estar imaginando o que aconteceria com elas depois, ao fazerem sua volta a Belém. Fico pensando no que Rute sentia ao ver os Moabitas trabalhando nos campos?
  • Imaginem os vários eventos na vida de Davi… fugindo e se escondendo com seus soldados na caverna de Adullam, imaginando por que ele estava sendo falsamente acusado pelo Rei Saul. Imaginem suas noites, ao ter que dormir com sua lança em mãos, imaginando que aquele poderia ser sua última noite!
  • Imaginem Jó e no que sua vida foi no meio de tudo isso. Lembrem-se que nós sabemos o final da história, mas ele teve que passar por todas aquelas atrocidades sem saber onde ou como as coisas iriam terminar!
  • Imaginem os profetas como Isaías, Jeremias e Ezequiel, sempre sendo ignorados e ridicularizados e esperando para ver se e quando Deus faria o que havia revelado a eles.
  • Pensem no que Elias sentiu quando estava em depressão e grande pânico! Lembrem-se como ele gritou para o Senhor quando ele esteve SOZINHO?
  • Imaginem Pedro (a Rocha) ao ouvir aquela multidão o perseguindo. Podem imaginar seu desespero que o levou àquele encontro na manhã numa das praias na costa norte da Galiléia?
  • Imaginem Paulo cego esperando as orações de Ananias.
  • E finalmente chegamos em Maria e Marta…48 horas de desespero, 48 horas de sofrimento, 48 horas pensando…onde estaria Jesus?

 

Cada um desses exemplos aconteceram com pessoas reais, como você e eu, com problemas reais como você e eu, e cada uma delas pensando…POR QUE?

 

Por mais que quisesse fazer desse texto um “fique ligado” e transformá-lo na primeira parte de um artigo de duas partes, resistirei à tentação e darei a vocês algumas de minhas humildes respostas… elas podem parecer fracas, mas quero que saibam que elas são reais, nascidas de um turbilhão de perguntas de um mero Cristão tentando achar sentido nessas coisas onde pessoas reais experimentam nesse mundo caído.

 

Antes de mais nada, Deus nos promete que, apesar desse sentimento de solidão e abandono, Ele nunca nos deixará. Apesar de nossa sensação de isolamento, nós NÃO estamos sozinhos! Sei que essas passagens são familiares, mas para mim elas são as peças fundamentais da minha fé!

 

Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. João 14:18

 

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33

 

Todos nós sabemos o que vem depois, aquela passagem que todos nós provavelmente citamos de coração, Romanos 8:28. Devo confessar que existem épocas que eu caio em lágrimas ao falar dessa passagem da Bíblia e forço aqueles que a estão utilizando-a em mim, que a façam com voz de trovão! Tendo dito isso, tome um tempo para sentir a gloriosa verdade dessa passagem.

 

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.

Romanos 8:28

 

Todas as coisas… Deus promote usar TODAS AS COISAS. Não importam as circunstâncias, Deus estará conosco em TODAS AS COISAS e mesmo que Ele tenha que esperar um minuto, uma hora, um dia ou “48 horas”, Ele verdadeiramente conhece o fim desde o começo e se utilizará de TODAS AS COISAS. A grande perspectiva é a de que Deus se usa de nossas trágicas situações para aprofundar nosso relacionamento com Ele.

 

Quando você (finalmente), emergir de sua fornalha ardente, sua fé será mais profunda e seu caráter mais aprazível a Deus. Você verá que Deus possui outras armas para combater as desgraças e desesperos do mundo. Que arma é essa? Seu testemunho!

 

Mas nesse mundo pecaminoso, tempo é tudo, e é por isso que nós, como Crentes, precisamos aprender a lição do “sentando-se sheva” e aprimorar nossas habilidades em ouvir. As vezes (provavelmente a maior parte do tempo), nossa presença e compaixão falarão muito mais alto do que nossas palavras. 

Anúncios

3 comentários sobre “ESPERANDO NO SENHOR

  1. Gostei do que acabei de ler, e quero acrescentar que esta mensagem embora seja muito importante, ela só é entendida no “deserto” depois de uma desesperante espera. Moisés só viu a terra prometida de longe, embora só lá colocasse os pés depois de1500 anos quando da transfiguração de Jesus, com Elias, no Monte da transfiguração. (é verdade falou de Moises, mas ele vivia com o seu sogro e não padrasto Jetro Êx 3.1 E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto, e chegou ao monte de Deus, a Horebe.).Gosto muito da figura de Jó e é bom saber que Deus, não permite que suportemos nada superior às nossas forças e que nos dará um escape, quando não aguentamos, pois Ele nos ama muito, e conhece as nossas fraquezas, que somos barro, e assim mesmo que permaneça um pouco em silêncio nos momentos da nossa dor, ele está bem atento e ajudando para que sejamos moldados à estatura do Seu filho Jesus Cristo, a Ele a glória, pelo Seu sacrificio na cruz, o castigo que nos traz a paz e pelas suas pisaduras fomos sarados. Deus abençoe o seu trabalho e continue com este veiculo evangelistico. A Jesus toda a glória.

    1. Na verdade Celestina, vou te confessar que escrevi isso tudo, pois tenho 38 anos e no último dia 04/02/14 eu realizei uma cirurgia cardíaca, colocando 4 pontes em meu coração. Só Deus sabe o que eu passei e orei. Ainda estou me recuperando e o Senhor me levou até este estudo que você lei, pois foi exatamente o que passei. Minha recuperação agora está ótima e o Senhor me deu um novo coração, corpo, alma e espírito. Obrigado pela correção de Jetro e Moisés. Fique com Deus abençoada.

  2. Sem palavras para expressar a sensibilidade do autor em perceber esses momentos de aflição dos nossos irmãos, da bíblia que assim como nós passaram momentos tão difíceis, que muitas vezes pareciam que iriam durar para sempre, pelo simples fato de serem seres humanos e terem fraquezas como nós. Esse realmente é um exemplo para nós cristãos para NUNCA PERDEMOS A FÉ no nosso Deus maravilhoso, pois nós como simples seres humanos só vemos O HOJE, mas ELE vê além, ELE vê o começo o meio e o fim. Louvado e engrandecido seja o nome do nosso Deus. As coisas do Senhor vem no seu tempo certo, não no tempo do homem, mas no momento que o Senhor percebe que estamos preparados para receber. DEUS E PERFEITO.

Os comentários estão desativados.