ESTAMOS PERTO DA QUEDA DOS ANJOS REBELDES NA TERRA?

Há muito tempo que venho acompanhando os noticiários do mundo e, principalmente, no Brasil. Não é nada novo dizer para o leitor que são tantos acontecimentos que uma análise profunda sobre cada um deles tem se tornado impossível. Nem mesmo os mais incansáveis youtubers e blogueiros conseguem postar tantos escândalos que tem tomado o mundo de assalto ultimamente.

E foi em uma dessas grandes inquietudes no desejo de vir escrever algo para aqueles que acompanham o meu site que, imagino que inspirado pelo Espírito Santo, venho aqui mais para o desenvolvimento de um assunto com o objetivo de nos alertarmos para as coisas celestiais do que nos mantermos nessa onda de incertezas, corrupções e mentiras que têm nos rodeado na vida e noticiários de uma mídia que, a cada dia que passa, se torna mais tendenciosa e parece estar caindo no próprio buraco que tem cavado, tanto no Brasil, quanto nos EUA. Mas esse não é o intuito do post de hoje, até mesmo porque aqueles que já “nasceram do alto” já tem carimbada essa perspectiva maior dos acontecimentos recentes.

No início de minhas leituras sobre teorias de conspiração, as coisas, apesar de complexas e escondidas, pelo menos eram mais fáceis de serem encaixadas dentro de certos raciocínios escatológicos e teológicos. Mas sejamos sinceros, a coisa toda tem desandado de uma forma que ninguém mais tem tempo de ir à caça ao “novo candidato a anticristo”: Trump? Obama? Hillary? Príncipe William? Kim Jong-un? Putin? Pois é, parece que os “reis da escatologia” desapareceram de vez da internet, pois os “candidatos” são muitos e sempre alertei para o perigo desse tipo de numerologia barata ligada à nomes para que o 666 se encaixasse. E aí temos desde Ronald Reagan até o falecido Papa João Paulo II. Não quero dizer que esses não são anticristos, realmente são nomes fortes, mas, voltemos ao tema da “zona” que se encontra nosso mundo.

A grande mídia, que tínhamos como fonte direta de informação, foi destruída pela internet, mas infelizmente deu lugar a um emaranhado de gente que tem postado muita coisa sem nem mesmo apurar os fatos e que muitas vezes geram mais apreensão e confusão do que resolução. Misturando seus desejos pessoais à parte do acontecimento que mais lhes dizem respeito, caindo mais uma vez no pecado de uma notícia tendenciosa.

the-cold-war-eraAntigamente tínhamos líderes mundiais muito bem definidos e possuidores de poderes políticos amplos, sejam em que época fôssemos analisar. A Bíblia é bem clara para aqueles que entendem sobre batalha espiritual e o funcionamento da gerência celestial sobre os reinos da terra. Isso vem desde a Babilônia quando Deus dividiu a terra em 70 nações e cada uma delas ficou sob domínio de um Sentinela, ou, como vemos no hebraico, elohim menores.

Desde o início do drama humano revelado nas Escrituras, o conselho divino de Yahweh esteve em cena. Vimos no começo de nossa jornada que Yahweh anunciou sua vontade de criar a humanidade: Façamos o homem a nossa imagem e semelhança (Gên 1:26). Yahweh criara a humanidade a sua imagem, como ele havia criado sua família divina, de forma que eles pudessem participar na administração dos seus negócios. Nesse caso, isso significa espalhar sua influência e as maravilhas do Éden através do resto da terra. A humanidade deveria multiplicar a imagem de Deus através da procriação (Gên 1:27-28; 5:1) para administrar o vasto planeta e suas formas de vida.  As imagens humanas originais falharam. Yahweh e seu conselho depois aparecem no desastroso evento em Babel. Yahweh desce para observar a desobediência das suas imagens humanas (Gên 11:6). Ele poupou alguns remanescentes depois do grande dilúvio e repetiu as instruções dadas a Adão e Eva (Gên 9:1). Mas ao invés de se espalharem pela terra, a humanidade se congregou em Babel (Babilônia). Ao invés de levarem a influência e a sabedoria de Yahweh para o mundo, eles buscaram trazer Yahweh como sendo eles mesmos.  Em resposta, Yahweh disse ao seu conselho, desçamos e confundamos suas línguas (Gên 11:7), e assim o fizeram. Ele também decidiu parar de trabalhar com a humanidade. Uma vez que as pessoas se dispersaram, Yahweh os deserdou, colocando-os sob a autoridade de elohim menores (Deut 32:8-9). Ele iria agora criar seu próprio povo de um homem e sua esposa que eram muito velhos para terem um filho, Abraão e Sara. Israel seria a porção de Yahweh no planeta (Deut 32:9). Através dos descendentes de Abraão, o resto das nações seriam abençoados (Gên 12:1-3).

O Reino Invisível – Michael S. Heiser, p. 327

the-gods-and-titans-fought-in-a-ten-year-war-called-the-titanomachy-in-both-myth-and-movie

Onde quero chegar?

Sabemos que uma grande batalha celestial está em andamento e que, no fim dos tempos, os anjos rebeldes derrotados serão jogados na terra juntamente com o seu líder, Satanás. A epopeia é narrada em Apocalipse 9.

Meu raciocínio se inicia nessa batalha celestial em andamento. Os acontecimentos na terra seriam uma espécie de “espelho espiritual” do que está acontecendo nessa outra dimensão? Continuo: se antes tínhamos líderes mundiais inspirados / escolhidos / influenciados por esses elohim menores (Sentinelas) e a situação (apesar das oposições capitalistas e socialistas, ou seja lá quais eram) era mais clara, podemos raciocinar que havia uma certa organização no mundo espiritual quanto ao papel na “hierarquia” dos anjos rebeldes. Mas o tempo foi passando e a batalha celestial continuou com o desespero de Satanás que, ao ver o seu exército sendo derrotado, vai acelerando o fornecimento de conhecimento tecnológico para o homem na medida em que este vai se entregando à adoração do deus deste mundo. Isso tudo num passo absurdamente acelerado, pelo menos nos últimos 70 anos para a criação de um exército adjunto terrestre no Armageddon contra Deus, como escrevi neste post a algum tempo sobre vacinas…pois é….vacinas:

O que mais me chama atenção é como tudo isso, mais uma vez se engatilha justamente no ano de 1948 onde temos: criação do estado de Israel (Satanás olha mais uma Profecia sendo cumprida e anda rápido com seus planos nefastos), caída do “OVNI” de Roswell em 1947 (a criação de Israel foi assinada em 1947), descoberta dos pergaminhos do Mar Morto e o Livro de Enoque (escrito para uma geração futura, como lemos em Enoque 1:1), terremoto na Turquia revelando a Arca de Noé na cadeia de montanhas Ararat, e agora a “coqueluche do momento” com o nascimento do esquema de vacinação (assassinato) em massa a partir de 1948! Coincidência? Tirem suas conclusões.

Continuando, em qualquer filme de guerra que vemos, quem são os primeiros a irem para a linha de batalha? Os “peões”, soldados rasos. Os de alta patente geralmente se encontram bem atrás das linhas inimigas e, quiçá, nem no front de batalha se encontram. Assim certamente tem acontecido no mundo espiritual e, ao que me parece, acho que os anjos (imortais) rebeldes de alta patente parecem estar já sendo ameaçados, pois parece que não estão mais conseguindo dar conta da batalha celestial e do seus afazeres terrestres ao mesmo tempo, e isto estaria levando ao caos político que encontramos hoje, onde a mentira tem se espalhado como uma nuvem negra sobre o mundo em suas mais variadas matizes, gerando a desconfiança do ser humano em todos os âmbitos de existência, seja político, amoroso, laboral, matrimonial, filial, etc. Líderes sobem ao poder como promessa de uma transformação como o Trump nos EUA, e logo outra grande força de levanta querendo derrubá-lo. E o que dizer do Brasil? Deixo isso para os blogs de outros colegas mais especializados nisso do que eu. Mas o que temos visto são forças que antes pareciam ser inabaláveis sendo abaladas por outras da mesma polaridade, revelando uma completa desorganização do modus operandi das forças que atuam por trás desses vários “príncipes de Tiro” (Ezquiel 28) e “príncipes da Pérsia” (Daniel 10) está sob forte ataque.

170510-Nadeau-BIG-BANG-VATICAN-TEASE_kfatm5

E o que dizer do Papa Francisco procurando por Deus nas estrelas? Justificar a presença de 200 milhões de anjos rebeldes aqui na terra como sendo alienígenas? Leiam novamente Apocalipse 9.

pope-mary-1024x625

O Papa Francisco antes disso havia ido à Fátima preparar o mundo para a grande apostasia, dizendo que “foi a Fátima para confiar o destino eterno da humanidade à Maria, Mãe de Deus”…sério? Com certeza a Bíblia que eu leio é bem diferente da dele.

Aguardemos o andar dos acontecimentos meus irmãos, mas lembremo-nos sempre que

então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima. Lucas 21:27,28

Anúncios