FILME ELYSIUM E O TRANSHUMANISMO

VEJO O ELYSIUM NO PISCAR DE OLHOS DE UM CIBORGUE

 

Por Paul MacGuire

Nossa sociedade está andando em alta velocidade em direção a um futuro que já é uma realidade cuja maioria das pessoas têm dificuldade em acreditar que possa existir. Como eu disse recentemente em uma conferência: “Temos desenvolvido uma ciência e uma tecnologia que a maiorias das pessoas acha que não existirá antes de uns 100 a 200 anos no futuro. No entanto o cidadão comum não consegue entender nosso mundo ou para onde ele está indo, pois eles não entendem que atualmente estamos usando uma ciência e tecnologia que eles só imaginam que exista nos filmes de ficção.”

 

Nós não chegaremos num mundo com interfaces entre cérebro e computadores, implantes de nano-chips, viagens interdimensionais e telepatia sintética…nós já estamos lá! Como escreveu meu amigo Carl Teachrib em seu recente artigo “O Nascimento dos Tecno-Deuses: A Mistura do Transhumanismo e a Espiritualidade” publicado pea Raides News Network, quando eles cobriam um evento da Associação Transhumanista Mórmom:

“…visões de um futuro neohumano evoluirão com o passar do tempo. Podemos imaginar agora possíveis traços neohumanos, todos envolvendo melhorias tecnológicas das capacidades humanas atuais que incluem:

1)   capacidades intelectuais altamente avançadas, muito maiores que as atuais em magnitude, assim como somos maiores do que outros animais;

2)   corpos físicos imunes às doenças e envelhecimento;

3)   habilidade de comunicar pensamentos complexos e emoções instantaneamente sem ajuda visual ou fala;

4)   inputs sensoriais expandidos que habilitam o aumento da percepção de eventos mais distantes;

5)   agilidade e força supra-humanas;

6)   perfeito controle dos desejos individuais, humor e estados mentais;

7)   capacidade aumentada ao experimentarmos alegria, amor, prazer, e outras emoções;

 

Teichrib escreveu: “Força supra-humana! Longevidade e vida sem doença! Comunicações mentais…Isso parece ficção científica, ou mágica-científica?”

 

Embora soe menos como magia, os seguintes exemplos não são menos impressionantes. Eles representam uma porção da pesquisa desse autor, e são considerados como caminhos que nos levarão para além da humanidade.

 

Embora não tenhamos chegado ainda no final desses desenvolvimentos, já estamos muito perto de alcança-los! Carl Teichrib escreveu este artigo em defesa ao autor best-seller Tom Horn, com o título alternativo: “Como Continuar Atacando Tom Horn em Todas as Conferências Transhumanistas No Mundo Para que os Conservadores Nunca Acordem Para o Pesadelo Pós-Humano ao qual estamos Alertando.” Conheço Tom Horn e recentemente fiz um filme entrevistando ele na Pikes Peak Prophecy Summit na qual palestramos, patrocinada pela Prophecy in the News. Horn entende bem mais do que qualquer conservador de que já estamos no futuro!

 

Tem um capítulo no meu novo livro, A Prophecy of the Future of America que agora está em processo de edição final, chamado de “Seus Filhos Viverão para Ver Seus Filhos se Tornando Ciborgues Humanos.” Escrevi que “A ciência do Transhumanismo está tentando criar uma imortalidade artificial através do “melhoramento humano” e cito os últimos desenvolvimentos científicos no National Citizen’s Technology Forum: “Melhoramento Humano, Identidade e Biologia,” com sua base no Centro de Nanotecnologia da Universidade Estadual do Arizona em Março de 2008. Cientistas e estudiosos agora estão se referindo ao termo que eles criaram como tecnologias “NBIC”, as iniciais referentes às quatro áreas de mudança científica e tecnológica: Nanotecnologia, Biotecnologia, tecnologia de Informação e ciências Cognitivas (incluindo inteligência artificial).

 

Quando eu estava sendo entrevistado por Tom Horn em Boulder, Colorado para seus filme, ele me perguntava coisas como: “Você acredita que clones humanos terão uma alma?” e depois me perguntava se eu acreditava ou não que existiam laboratórios clandestinos ao redor do mundo fazendo cruzamento entre espécies animais, humanas e possivelmente DNA Nephilim para criarem uma nova raça de seres humanos? Minha resposta foi: “Sim!” Como no livro de H. G. Wells, a Ilha do Doutor Moreau, eu acredito que experiências genéticas bizarras estão em andamento, especialmente em nações onde não existam limites legais ou morais.

 

As pessoas ficam bravas quando as superestrelas do atletismo como Lance Armstrong são pegos no “doping”. Mas a realidade é que existe uma ampla gama de tecnologias que podem transformar atletas normais, soldados, pessoas dos negócios, homens e mulheres comuns em superhomens e supermulheres que não podem ser facilmente detectados. Essas tecnologias utilizam ondas sonoras, injeção de células tronco, nutrientes e drogas não detectáveis para liberarem poderes regenerativos do DNA.

 

Exista toda uma nova geração de Nootrópicos, que é um termo para drogas especiais, melhoradores da memória, melhoradores neurais, melhoradores cognitivos e melhoradores de inteligência. Eles vêm na forma de drogas, suplementos, alimentos, ervas e vitaminas que aumentam as funções mentais como cognição, memória, Inteligência, motivação, atenção e concentração, além do aumento da performance física e propriedades antienvelhecimento.

 

Junto aos Nootrópicos, existem as interfaces cérebro-computadores, nano-chips e implantes de microchip, biotecnologia, e desenvolvimento na robótica que eventualmente produzirão androides e robôs quase humanos. Os cientistas estão antecipando o dia quando a atual consciência humana, junto com suas memórias e emoções, poderão ser baixadas de um corpo que está morrendo para dentro de um androide robô ou um clone humano. Existe uma elite de uma classe secreta de pessoas muito ricas e poderosas que já estão recebendo todos os tipos de tratamentos secretos e procedimentos médicos para mantê-los jovens e sem doenças ou envelhecimento físico e mental. Algumas dessas pessoas estão se preparando para terem suas consciências e memórias baixadas de seus corpos humanos envelhecidos para dentro de um corpo clonado criado de seu próprio DNA.

 

Existe um vasto sistema de saúde de duas vias já em andamento no mundo. Uma das vias é para as massas, onde gastos necessários com procedimentos caros são freados, com uma eutanásia planejada para as pessoas idosas. Do outro lado temos o secreto sistema de saúde da primeira classe, especializado em antienvelhecimento, nootrópicos, operações caras e tratamentos que são cosméticos e antienvelhecimento por natureza. Essa classe superior está começando a revelar em público sinais de que não estão envelhecendo “normalmente”, mas mantendo sua aparência física jovem, alerta mental e performance física. Em outras palavras, o fato de que eles não estão morrendo e nem estão perto da taxa de mortalidade do resto da população. E isso é só o início; eles estão nas fases iniciais da criação dos superhomens genéticos e supermulheres…uma raça mestre.

 

A ciência do Transhumanismo está andando rápido para o futuro. A Fundação Científica Nacional dos EUA também está de olho no futuro, incluindo o desenvolvimento ético para ele, e em 2003 produziram uma pesquisa sobre tecnologias que melhorariam as habilidades humanas; a pesquisa se chama “Tecnologias Convergentes para Melhorar a Performance Humana: Nanotecnologia, Biotecnologia, Tecnologia da Informação e Ciência Cognitiva.” O exército está financiando a maioria dessas novas tecnologias. DARPA (Agência Avançada de Defesa e Projetos de Pesquisa), que está dentro do Departamento de Defesa dos EUA, tem trabalhado num programa que é Transhumanista em sua natureza, como o projeto de Inteligência Física. De Acordo com Michael Anissimov, o Diretor de Media do Instituto da Singularidade, o DARPA têm financiado “dúzias de projetos de melhorias humanas ao redor do mundo.”

 

Já existem muitas descobertas na ciência capazes de melhorar e aumentar de maneira geral a qualidade de vida. Mas será que essas descobertas estarão ao alcance do cidadão comum? As classes baixa, média e média-alta estão sofrendo uma lavagem cerebral para a aceitação de um programa mundial socialista de saúde, através de filmes como Elysium, que promove da maneira pesada o socialismo como resposta à “injusta” riqueza de “um por cento” de elite. Mas o problema é que a poderosa elite ou o “um por cento” são os que promovem o mito socialista. A poderosa e secreta elite nunca teve a intenção de compartilhar suas riquezas com os outros 99%. Eles simplesmente continuarão a controlar a mídia, a academia, e os planos de saúde e viverão em locais seguros onde a verdadeira extensão de suas vastas riquezas estarão cuidadosamente escondidas.

 

Da mesma maneira, agora já é possível reverter o processo de envelhecimento e melhorar a performance cognitiva e física através de todos os tipos de tecnologia. Existe um esforço global bem organizado para diminuir a média de vida para nós, cidadãos comuns, para 66 anos. Através das ingestão de alimentos geneticamente modificados (AGM) e alimentos químicos, água e ar, as mentes e corpos humanos estão sendo geneticamente modificados para acelerar o processo de envelhecimento, produzindo todos os tipos de doenças, e desligando o cérebro através da doença de Alzheimer e outros mecanismos biotecnológicos. Alimentos geneticamente modificados são drogas realmente poderosas, são biotecnologias modificadoras da genética disfarçados como alimentos. Os AGM agem sinergicamente com as vacinas, ondas eletromagnéticas, entretenimento viciante e todo um amplo espectro de tecnologias que o cidadão comum sequer sabe que existe. O novo plano de saúde parece ter sido construído sobre uma base de racionamento e eutanásia.

 

O diretor do filme de ficção científica Elysium, Neill Blomkamp disse: “Penso muito sobre o tópico da discrepância na saúde…acho que num futuro próximo nós desceremos por um caminho no qual já estamos, onde o mundo parecerá cada vez mais o um em Elysium…Na Cidade do México, em Joanesburgo, no Rio, você encontra pedados de grande riqueza, comunidades enjauladas, no meio de um mar de pobreza. E fico pensando que é pra esse tipo de situação que as cidades dos EUA estão caminhando também.”

 

Infelizmente, como muitos na mídia que acreditam sinceramente que o socialismo é a resposta à pobreza e a injustiça social, Blomkamp cresceu em Joanesburgo, África do Sul, numa vizinhança rica a poucos quilômetros de um dos maiores bolsões de pobreza do mundo. Blomkamp é seduzido pela mitologia do socialismo e não da realidade. Seu filme mostra com o que Los Angeles se parecerá a um século e meio no futuro. O diretor usa de forma deliberada um dos maiores locais de pobreza da Cidade do México como seu modelo.

 

Mas o socialismo da ficção científica não é uma solução pragmática para o doloroso problema da pobreza. Dadas as atuais complicações sócio-econômicas da América, o que aconteceu em Detroit e outras cidades dos EUA, também acontecerá em Los Angeles e se espalhará pela nação, e não precisará de um século e meio pra isso, mas em poucos anos! Me lembro como se fosse ontem quando Newt Gingrich, o campeão dos “conservadores”, que vendeu o NAFTA, o GATT e o WTO para os EUA como nossa solução para o futuro, e a ilusória teoria da Terceira Onda sócio-econômica promovida por Alvin e Heidi Toffler estão por trás do conto de fadas e Elysium. Há alguns anos atrás, Newt Gingrich na mega-igreja do pastor John Hagee em San Antonio.

 

Acho que John Hagee e sua equipe não entenderam o que Newt Gingrich estava promovendo, ou confundiram a República de Platão e as loucas teorias de Karl Marx como sendo o Reino de Deus. A sociedade utópica que as pessoas não-pensantes em todos os lugares estão abraçando é uma sociedade  Transhumanista, eugênica e da raça meste. Como escreveu Aldous Huxley em seu livro Um Bravo Novo Mundo, que é uma ditadura científica onde as pessoas seriam criadas para ser a elite ou classe Alfa, ou serem geneticamente pioradas para serem parte da classe escrava. O verdadeiro significado do Transhumanismo e da Revolução Nootrópica ao nosso redor é a de que algumas pessoas terão acesso ao melhoramento e outros serão deliberadamente afastadas dessas melhorias e serão cientificamente degradadas. Devemos lembrar que as revoluções científicas ao nosso redor são Darwinianas e isso significa que só o melhor sobrevive.

Anúncios