RESSURREIÇÃO DE CRISTO: PASSAGEM PARA O PAI

RESSURREIÇÃO DE CRISTO: PASSAGEM PARA O PAI

 Golden DNA Stock Photo - Image: 11927530

Muito tenho escrito sobre transhumanismo e como as novas “descobertas da ciência” podem abrir caminho para que vírus sintéticos possam ser criados com nanotecnologia para que penetrem em nosssa células no intuito inicial de tartar doenças e até mesmo o câncer, mas essa mesma via pode ser utilizada para a introdução de DNA externo/alienígena/nephilim (a marca da besta) nessas mesmas células e, dessa forma, criando um novo organismo, impossível de ser salvo. E o que isso tem a ver com a Ressurreição de Jesus? Tudo.

 

Vivemos em um corpo caído, resultado do pecado e, portanto, apto para reagir e responder rapidamente à situações pecaminosas (que desagradam Deus). Paulo mesmo escreve que o espírito dele sabe o que é errado, mas o corpo sempre busca o que é da carne. Nossa criação inicial, à imagem do Pai, Filho e Espírito Santo, era bem diferente do que é hoje, pois ao aceitar a oferta da árvore do conhecimento do bem e do mal, Adão e Eva permitiram a alteração dessa informação (DNA) e então conheceram a morte e assim estamos até hoje.

 

Mas o amor de Deus por nós é tão grande, tão grande que Ele enviou seu Filho unigênito (de espécie única) para nos salvar, ou seja, reestruturar nossa informação, para que pudéssemos mais uma vez estarmos na presence do Pai, no Éden, no Paraíso. O problema é que com esse corpo de pecado não podemos estar na presença do Pai e por isso todo um julgamento deve cair sobre o mundo para que sejam separados aqueles que querem voltar ao Pai ao aceitar Jesus Cristo como seu único e suficiente Salvador e aqueles que insistem em permanecer na iniquidade.

 

Ao aceitarmos Jesus em nossos corações e buscarmos uma vida de santidade, somos “possuídos” pelo Espírito Santo de Deus, o consolador prometido, para que nos resguarde, para que não apenas mantenha nossa informação (DNA) intactos, mas para que, através de nossas novas ações e escolhas em Cristo Jesus, possamos ir depurando essa informação e nos tornando novas criaturas. O pontapé inicial é dado ao escolhermos Jesus e daí em diante devemos andar em santidade para que possamos chegar ao Céu em condições cada vez melhores diante de Deus. Mas será que nosso DNA pode ser modificado? A resposta é sim, e quanto mais a ciência avança, ela nos mostra através da Eugenia, que o ambiente e as decisões que tomamos em nossas vidas podem sim determiner o surgimento ou não de determinadas características, sejam doenças ou virtudes.

 

“o estudo dos agentes sob o controle social que podem melhorar ou empobrecer as qualidades raciais/genéticas das futuras gerações seja física ou mentalmente.” http://pt.wikipedia.org/wiki/Eugenia

É claro que não quero resumir o trabalho do Espírito Santo em nós que aceitamos Jesus com a simples conceituação de Eugenia acima, mas é para demonstrar que isso pode acontecer e temos provas disso. Jesus Cristo em nossos corações é a condição essencial para que o Espírito Santo possa operar em nosso favor, melhorando nossa informação (DNA) e protegendo-a das investidas do inimigo que está a espreita como um leão para nos devorar, seja pela química dos alimentos, pelas vacinas com vírus “atenuados”, seja pela poluição do ar, pelas mensagens subliminares a nossa volta na mídia, em nossa rotina de trabalho cada dia mais estressante…imaginem só nesses exemplos quantos livramentos o nosso Pai nos dá durante o dia nem sequer agradecemos em nossas orações e isso é de Graça e graças à mais alta tecnologia de todo universo, pois veio Dele e para Ele e que agora habita em nós para que tenhamos vida eterna.

 

Perseveremos meus irmãos, pois o melhor de Deus ainda está por vir. Jesus morreu na cruz para que seu sangue mostrasse ao mundo o que é que vai sair de nós, esse sangue que sobrenaturalmente levou consigo todo o pecado do mundo, e ressuscitou em corpo glorioso para que tenhamos certeza do que nos aguarda. Sairemos dessa condição de criaturas passivas para seres ativos na criação e poderemos fazer tudo o que Jesus fez enquanto aqui na terra e até melhores. Por agora, evoquemos a presença de Jesus Cristo em nossas vidas para que o Espírito Santo nos mostre que novos dons adiquirimos em nossa caminhada de santidade rumo à vida eterna.

E lembremos sempre da mensagem do Mestre: não se vangloriem ao expulsarem demônios, mas de terem seus nomes escritos no livro da vida. Vejam que não existe discussão para Jesus, Ele não está preocupado com os demônios, pois já os julgou e estão condenados. Ele quer é que estejamos com ele para todo o sempre.

 

Amém.

Anúncios