JIM CAVIEZEL: MINISTRAÇÃO DE PODER PARA OS DIAS DE HOJE

Vemos o rosto dele em milhões de vídeos no Youtube e seu corpo coberto por feridas e muitas cenas do filme A Paixão de Cristo e que viraram referência nos dias de hoje quando precisamos de uma imagem impactante em nossos vídeos, palestras e ministrações, sejam eles devocionais, estimulantes ou de alerta aos irmãos cristãos. Mas será que que o ator Jim Caviezel tem algo a nos dizer depois de tudo o que passou ao representar a maior das personalidades que pisou na Terra, Jesus Cristo? Um cristão de verdade sabe que entrar nessa empreitada é entrar numa guerra de “gente grande” lá no sobrenatural. Será que aconteceu alguma coisa nesse sentido?

Sei que tenho postado muitos assuntos controversos em meu blog, afinal de contas tento passar para aqueles que dormem que temos vividos tempos especiais e preditos na Bíblia há mais de 2000 anos. Vivemos num tempo que fora mais alertado na Bíblia (dentre Velho e Novo Testamento) do que até mesmo os detalhes da vida de Jesus Cristo. E onde o próprio Jesus também nos alertou.

Hoje venho aqui postar um vídeo que com certeza muitos já devem ter visto, mas o Senhor tocou meu coração no melhor estilo “lembrar é viver”. Confesso que assisti essa entrevista apenas ontem (que vergonha, pois já deve ter muito tempo que está na internet). Mas tocado pelo Espírito Santo em meu coração, de que muitos recém convertidos possam estar visitando esse site em busca de respostas e também possam ter perdido essa preciosidade de vídeo devido ao tempo que já pode ter sido postado, pois o filme A Paixão de Cristo já tem aí 11 anos que foi lançado, vamos tirar um tempinho e ver o que um grande cristão tem a dizer sobre uma experiência única com o Senhor. E essa experiência fez com que ele, em 40 minutos, ministrasse verdades cristãs que muitos de nós e até mesmos pastores, não poderíamos enxergar e nem passar para os outros, pois nunca tivemos a bênção de passar pela experiência que ele, o ator Jim Caviezel teve ao interpretar Jesus Cristo no filme A Paixão de Cristo.

Confesso que não sabia o quão profunda foi a sua entrega para a realização desse trabalho. Sabia que ele era e é cristão e se dedicara profundamente ao que ele saiba que iria interpretar. Mas é impressionante a batalha espiritual pela qual passou, e chegou às entranhas de sua carne para que pudesse ministrar uma palavra que TODOS NÓS devemos ter carimbadas em nossos corações, que é onde, como cristãos, abrirmos para morada do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Em 40 minutos ele consegue falar de tudo: desde o que é ser cristão, a cruz que devemos carregar, as promessas do nosso Deus YAHWEH e os muitos erros pelos quais temos passado pela fabricação de um “cristianismo modernizado” que tem nos afastado (deliberadamente ou não) da pureza e verdade da Palavra de Deus.

Se você é um daqueles que tem medo de entrar nesse blog, achando muitas vezes que sou um terrorista que gosta de mexer no seu mundinho certinho onde tudo vai bem e você acha que sua vida é assim porque vai para a igreja todo domingo ou “faz tudo o que o pastor pede para fazer”, analise sua vida dentro da Palavra de Deus e não dos dogmas criados pelos homens. Não sou contra ir à igreja ou obedecer ao pastor, mas que se alimente nela e faça um bom uso desse alimento todos os dias de sua vida e não faça dele apenas um enchedor de barriga, deixando de transformar a sua vida e a daqueles à sua volta por uma comodidade espiritual (ou medo do sobrenatural) que está fazendo com que deixe de ser cada vez mais íntimo do Senhor. Leiam pelo que o Apóstolo Paulo passou em 2 Coríntios 11 para entender o que é carregar a tal cruz que Jesus pede que carreguemos.

Vejam o vídeo e se localizem, pois este testemunho é precioso. Sei que todos aqueles que aceitaram Jesus possuem um testemunho único de vitórias e de bênçãos, mas vejamos que para alcançarmos uma vitória, é preciso que tenhamos passado por uma aparente “derrota”, a qual chamamos de prova, tribulação. E é por isso que coloquei “derrota” entre aspas, pois aqueles que possuem Jesus em seus corações já são vencedores e sabem que passarão por desertos, mas a vitória é certa, sempre, até mesmo com a morte, pois: “aquele que em Mim crê, ainda que morra, viverá!” – Jesus Cristo.

Anúncios