APOCALIPSE 13:8 EM ANDAMENTO – NAÇÕES UNIDAS DAS RELIGIÕES

OPA! O EX-PRESIDENTE DE ISRAEL SHIMOM PERES SE ENCONTRA NO VATICANO COM PETRUS ROMANUS PARA PROPOR A IMPLEMENTAÇÃO GLOBAL DO FIM DOS TEMPOS AGORA DAS “NAÇÕES UNIDAS PARA RELIGIÕES” DA BABILÔNIA MISTERIOSA

PopeFrancisRomanusJesuit2

CIDADE DO VATICANO – O ex-presidente Shimon Peres apareceu numa audiência com o Papa Francisco na Cidade do Vaticano quinta-feira depois de propor uma espécie de Nações Unidas para as religiões.

Peres, com 91 anos, que era o mais velho líder de estado no mundo até que seu mandato terminou há seis semanas, reuniu-se com Francis em meio a tensões elevadas no Oriente Médio.

Ele usou as negociações para destacar as violações dos direitos humanos do Hamas e discutir a ascensão do anti-semitismo na Europa.

Mas o principal tema de conversa era a idéia de Peres para criar uma organização das Nações Unidas que ele chamou de “as Religiões Unidas.”

ShowImage

Peres disse que o pontífice nascido na Argentina foi a única figura mundial respeitada o suficiente para pôr fim às guerras violentas no Oriente Médio e em outras partes do mundo.

“No passado, a maioria das guerras no mundo foram motivados pela idéia de nação”, disse Peres.” Mas hoje, as guerras são incitadas usando a religião como desculpa.”

O porta-voz do Vaticano, o padre Federico Lombardi confirmou aos jornalistas que Peres tinha anunciado a sua ideia das “Religiões Unidas”, mas disse que Francisco não se comprometeu com ele.

“O papa escutou, mostrando o seu interesse, atenção e incentivo”, disse Lombardi, acrescentando que o papa apontou para os Conselhos Pontifícios para um Diálogo Inter-religioso e para a Justiça e a Paz, como algumas agências existentes “adequadas” para apoiar as iniciativas de paz inter-religiosas.

O encontro entre Peres e Francisco é a terceira reunião de alto nível entre os líderes em pouco mais de quatro meses. Eles se encontraram pela primeira vez no final de maio, quando Francisco se tornou o quarto papa a visitar a Terra Santa na era moderna. Nessa viagem, Francisco convidou Peres e o líder palestino Mahmoud Abbas ao Vaticano para uma reunião de oração, em junho, em que ambos participaram.

Desde então, porém, as tensões no Oriente Médio subiram em meio ao crescente derramamento de sangue em Gaza e na Síria. Lombardi disse que a conversa de 45 minutos entre os dois homens, um encontro que durou mais do que a média para o pontífice, não tocou na “questão política atual em qualquer profundidade real”, ao invés disso, focaram na idéia de Peres para as Religiões Unidas.

Lombardi disse que Francisco elogiou Peres como um “homem de paz”, e disse que a longa e incomum reunião era um reflexo da “profunda estima e apreço” do Papa para com o ex-líder israelense.

Peres recebeu conjuntamente o Prêmio Nobel da Paz há 20 anos, com o então primeiro-ministro Yitzhak Rabin e Yasser Arafat, então presidente da Organização pela Libertação da Palestina.

Mas Peres elogiou Francisco como a única figura respeitada no mundo além das fronteiras nacionais e de diferentes credos.

Em uma entrevista com a revista católica Famiglia Cristiana, Peres convidou Francisco para alavancar o seu respeito para criar uma organização inter-religiosa para coibir a violência religiosa.

“O que precisamos é uma organização de Religiões Unidas … como a melhor maneira de combater os terroristas que matam em nome da fé”, disse Peres. “O que precisamos é uma autoridade moral inquestionável que diz em voz alta: “Não, Deus não quer isso e não permite isso.” Após o encontro com Peres, Francis realizou uma reunião de portas fechadas de 30 minutos com o príncipe jordaniano El-Hassan bin Talal, que patrocina o Instituto Real de Estudos inter-religiosos para promover o diálogo religioso. Lombardi disse que o encontro articulará o tópico do dia de cooperação inter-religiosa e da paz.

NA: o post de hoje foi traduzido de uma matéria que li no raidersnewsupdate.com do Tom Horn, que saiu no The Jerusalém Post aqui. Mas o que me chamou a atenção, foi a citação da presença do príncipe jordaniano em tudo isso, pois ele é bem “vigiado” pelo L. A. Marzulli como provável candidato a anticristo, uma vez que ele é descendente sanguíneo de Maomé e da região da Assíria, lugar de onde sai o Anticristo segundo a Bíblia. Em resumo, ele é um dos personagens desse “jogo de xadrez cósmico” que devemos estar observando, ainda mais depois de uma reunião dessas sobre um assunto tão importante, que acelerará a criação de uma religião mundial. As peças estão sendo colocadas, o jogo andando rápido e o tempo sendo encurtado, pois se assim não acontecer, “nenhuma carne se salvaria”.

Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
1 Tessalonicenses 5:16-23

Anúncios