SEGREDOS DO LABIRINTO – PARTE 09

Prólogo do Autor deste Site

NA: Antes de mais nada, gostaria de expor aqui uma pergunta que escuto frequentemente: onde estão ou de onde vêm os tais Iluminatti (“iluminados”)? O texto abaixo, mesmo sendo uma continuação da apresentação do livro de Mark Flynn que será lançado em Setembro e cujo escopo é a aquisição do alto conhecimento dessas sociedades “iluminadas” para que entendamos melhor o que o Nachash plantou e planta na semente desses homens que possuem um conluio com o deus deles, Satanás, travestido de vários outros nomes e simbologias, podemos ver, através de declarações deles mesmos, que existe sim uma sociedade dentro de uma sociedade, e formada por membros de alto grau/escalão dessas próprias sociedades. Poucas famílias detentoras de todo poder e dinheiro do mundo, que não estão separadas por fronteiras nacionais, políticas e econômicas, mas fazem questão de manter o mundo com essa ilusão, de que essa tal de conspiração não existe, a fim de que achemos que nossa posição política, nosso voto, nossa vontade de mudar o mundo, irá mudar realmente alguma coisa. Nada irá mudar. O que está escrito na Palavra de Deus aconteceu, acontece e acontecerá, não temos poder nenhum material sobre o deus desse mundo, mas existe algo que realmente podemos escolher, e essa é escolha é Jesus, só através Dele podemos mudar o que e quem está a nossa volta. Sem Ele, que é o Caminho, a Verdade e a Vida, continuamos perdidos e sendo marionetes do pai da mentira, que veio para matar, roubar e destruir. Jesus está voltando como vemos no cumprimento das profecias bíblicas ao nosso redor, nos campos político (acontecimentos em Israel), econômico (fantasma de uma crise mundial para a criação de uma única moeda), sócio-religioso (o mundo se afastando cada vez mais de Deus e odiando a Ele e aos Seus adoradores) e até mesmo científico (onde a mesma busca a imortalidade através do transhumanismo, como nos dias de Noé). Com a chegada do Cavaleiro no cavalo branco, Fiel e Verdadeiro, aí sim veremos o que é um Reino nesse mundo.

O Palladium

O homem, cujo nome era o mesmo que aquele que causou a queda de Tróia, Alexandre, o Grande, em um ato simbólico de retribuição ateniense, foi para Tróia e se sacrificou ao lendário herói, Aquiles. Ele devia seu poder ao sucesso de seus ancestrais guerreiros e por estes terem tamado o Palladium, que agora residia no Erecteion na Acrópole grega.

Labyrinth36

Tal como os seus antepassados ​​que lutaram em Tróia, Alexander iria lutar ao lado de sua padroeira, a deusa que concedeu conhecimento e proteção para toda a sua civilização. Alexandre, o Grande, sob a égide de Athena, passou a se tornar o mais poderoso guerreiro-governante do mundo antigo já tinha conhecido. Depois dele, Mitrídates, também conhecido como Antióquio Epifânio sob o mesmo poder, trouxe consigo os deuses da Grécia para o centro da cidade de Deus, profanando o Seu Templo.

Tanto Alexandre, o Grande e Antióquio Epifânio são imagens de um tipo de futuro que acabará por se manifestar como o Palladium de Athena no nosso tempo, do poder mundial cuja base encontra-se em Washington, DC.

O Palladium e os poderes da Terra

A natureza do Palladium foi que ao longo da história antiga permaneceu em cada nação poderosa, mas foi transferido quando outra nação, mais dominante, tomou o seu lugar. As obras dos historiadores antigos que o mencionam confirmam isso.

Depois da destruição de Tróia, o Palladium foi transferido para a Grécia e permaneceu no Erecteion na Acrópole por aproximadamente 800 anos. Em algum lugar dentro de um período de 50 anos após a morte de Alexandre, o Grande, em 323 aC e a formação da república romana, ele foi transferido para o Templo de Vesta no Fórum Romano. Plínio, o Ancião, mencionou isso ao descrever o ditador romano Lucius Cecílio Metelo (290-221 aC), que tinha sido cegado quando salvou o Palladium do templo em algum momento de 241 aC.

Metelo passou sua velhice privado da sua visão, que ele tinha perdido em um incêndio, enquanto resgatava o Palladium do templo de Vesta; uma ação gloriosa, sem dúvida, embora o resultado tenha sido infeliz: mas o conta é que ele não deveria ser chamado de infeliz, mesmo que ele não tenha tido sorte. O povo romano, no entanto, concedeu-lhe um privilégio que ninguém jamais havia obtido desde a fundação da cidade, o de ser transportado para o congresso em um carro quando ele foi para o Senado: uma grande distinção, sem dúvida, mas comprada ao preço de sua vista.

Os romanos consideravam o Palladium como um de seus pignora imperii, que significa “promessas de governo”, que garantia um imperium contínuo da república, o poder e o comando do império. Mais tarde, o imperador Heliogábalo transferiu as relíquias romanas mais sagradas, incluindo o Palladium, de seus respectivos santuários para seu novo templo, o Elagabalium:

 Assim que ele entrou na cidade, no entanto, negligenciando todos os assuntos das províncias, estabeleceu Heliogábalo como um deus no monte Palatino perto do palácio imperial; e construiu-lhe um templo, para os quais ele desejava transferir o emblema da Grande Mãe, o fogo de Vesta, o Palladium, os escudos da Salii, e tudo o que os romanos consideravam sagrado, propondo que nenhum deus pode ser adorado em Roma salvo apenas Heliogábalo.

Há evidências de que o Palladium foi transferido de Roma para Constantinopla em 330 dC por Constantino, o Grande, e enterrado sob a coluna de Apollo-Constantino em seu Fórum.

Labyrinth33

“A Coluna Original de Constantino, com a estátua de Constantino como Apollo”

Neste ponto da história, as referências de localização Palladium pararam. No entanto, o Palladium existe hoje como sempre foi, localizado no coração de cada respectiva potência mundial e discernida a sua localização …

Após a queda do Império Romano do Ocidente desde a Idade Média até o Renascimento, a Igreja Católica era o poder central de toda a Europa. Após a queda de Constantinopla, o poder da Igreja se mudou de volta para a Itália e ficou localizado na Santa Sé (latim: sancta, “Santo”, sedes, “assento”), em Roma, conhecido hoje como o Vaticano. O mais provável é que o Palladium foi levado para Roma algum tempo antes de 1150 dC, quando parte do complexo do Fórum foi destruído por uma forte tempestade.

A palavra “Vaticano” vem do deus romano Vaticanus, o deus da lamentação ou choro. Não é bem conhecido seu nome, pois é uma combinação do vati latim, que significa “um prognosticador, vidente, adivinho, profeta,” e canus, o que significa “brilhar ou ser branco, grisalho.”

A próxima grande potência mundial foi a britânica, cujo império começou com uma supremacia colonial no mundo na época do rei Henrique VIII da Casa de Tudor depois de quebrar os laços com a Igreja Católica Romana em 1534. O Palladium teria sido transferido ou para Inglaterra e ficado no Palácio de Placentia ou para a Abadia de Westminster depois que Henry assumiu o controle real direto em 1539. Heródoto escreveu que o rei persa Xerxes (519-465 aC) foi o primeiro a usar a frase que descreve o Império Britânico: “o império no qual o sol nunca se põe “:” Vamos estender o território persa, tanto quanto o céu de Deus alcança. O sol vai brilhar em seguida, em nenhuma terra para além de nossas fronteiras; porque passarei pela Europa de uma ponta à outra “(grifo nosso).

É possível que o Palladium nunca saiu do controle da Igreja Católica, desde o momento da sua remoção de Constantinopla até a última parte do século XIX. Há evidência durante esse tempo [ele estava sob] a proteção dos Cavaleiros Templários após a Primeira Cruzada até que o rei Filipe IV terminou sua ordem em 1307.

Os Estados Unidos

wash-dome-obelisk

Embora muito tenha sido escrito sobre as causas da Guerra Civil, não se pode negar que um dos principais componentes do conflito foi sobre quem controlava o comércio da nação. A Guerra Civil foi travada sobre os direitos dos estados individuais para manter a sua soberania sobre o poder do governo federal. Em 1860, não havia imposto de renda, e o governo federal recebia a maior parte de sua receita através de várias tarifas de importação pagas pelo Sul, que as utilizavam para apoiar as indústrias comerciais e industriais do Norte. O Norte teve uma representação maior no Congresso e deixou o Sul sem qualquer controle de onde o dinheiro foi gasto.

O sul-agrícola teve de importar quase todos os produtos manufaturados da Europa ou forçados a comprar produtos do Norte. Como o Norte continuou a aumentar os impostos sobre as importações, ele também ganhou o poder de aumentar os preços sobre os bens por ele fabricados. Eventualmente, os governos estaduais do sul decidiram que não haveria nenhuma resolução para o problema que não fosse a separação da união. Se o Sul fosse bem sucedido, ele teria controlado todos os portos de águas quentes, que restringiria severamente a capacidade da nação restante para crescer economicamente ou militarmente.

A guerra resultante deixou cerca de 750.000 pessoas mortas no momento em que terminou em 1865. Contrariando as leis descritas na Constituição, no início da guerra, o presidente Abraham Lincoln tinha ordenado unilateralmente o bloqueio de todos os portos do Sul, levantou a setenta e cinco mil homens fortes da milícia, e colocou uma suspensão de habeas corpus, o direito de uma pessoa presa deve ser levada perante um juiz ou ao tribunal. Como resultado, muitos que apenas manifestaram suas objeções à guerra foram marcados como desleais e presos sem julgamento.

A vitória do norte era uma necessidade importante na medida em que consolidou o poder do governo federal. Conforme descrito por Manly Palmer Hall, os maçons se estabeleceram no país, a fim de completar o seu destino “para um PROPÓSITO PECULIAR E PARTICULAR conhecido apenas por poucos iniciados.” A vitória do sul teria destruído o caminho para esse destino.

O Movimento Palladiano

Em 1836, no centésimo aniversário do nascimento de George Washington, o Washington National Monument Society foi formada. A Sociedade comissionou o maçom Robert Mills (1781-1855) para chegar a uma proposta de design. Mills também projetou o edifício do Departamento de Tesouro e o EUA Patent Office Building, à semelhança do Parthenon. Ele propôs a criação de um grande obelisco. Parte de seu plano original não foi incluído na construção final, que seria um portal coroado por um sol alado no estilo de um Behedeti egípcio.

O projeto começou em 1848 com uma cerimônia de colocação de pedra supervisionada pelos maçons da região de DC. A construção continuou até 1854, quando as doações privadas acabaram, e a estrutura permaneceu inacabada até depois da Guerra Civil, quando o Congresso financiou em 1879, e nomeou o militar e engenheiro civil Thomas Lincoln Casey (1831-1896), para supervisionar a tarefa. Em 1884, o presidente Chester Arthur dedicou o monumento concluído em uma cerimônia especial.

O monumento é a maior estrutura de pedra do mundo e continua a ser o mais alto em Washington, DC, devido à restrição de altura imposta na cidade pelos Atos as Alturas dos Edifícios (Heights of Building Act) de 1910.

Quando O Palladium veio a Washington?

O estudioso e místico britânico Arthur Edward Waite (1857-1942) escreveu sobre a ordem maçônica enigmática conhecida como o Soberano Conselho da Sabedoria (Sovereign Council of Wisdom) e do seu envolvimento com o Palladium:

Em 20 de maio de 1737, foi constituída na França a Ordem do Palladium, ou Soberano Conselho da Sabedoria, que, segundo o costume das lojas andróginas que vieram à existência, iniciou as mulheres sob o título de Companheiros de Penelope. O ritual desta ordem foi publicado pelo arqueólogo maçon Ragon, de modo que não pode haver nenhuma dúvida de sua existência. … De alguma forma, que continua a ser totalmente irrastreável, esta ordem é inferida por ter sido seu nome mais ligado com o lendário Palladium dos Cavaleiros Templários, bem conhecido sob o título de Baphomet … Por um período superior a 60 anos ouvimos pouco do lendário Palladium; mas em 1801 é dito que o israelita Isaac Longo carregou o Baphomet original e o crânio do Grande Mestre Templário Jacques de Molay de Paris para Charleston, nos Estados Unidos.

O Palladium descrito por Waite, também sob o nome “Baphomet”, foi pensado para ter sido adorado pelos Cavaleiros Templários e pode ter sido uma versão latinizada do nome Muhammad (Maomé). A referência ao Baphomet também apareceu nas transcrições das confissões sob tortura dos Cavaleiros durante a sua remoção pelo rei Filipe IV, em 1307.

Se o objeto ao qual os Cavaleiros Templários se referiam era de fato o Palladium, eles teriam sido os únicos que foram responsáveis ​​por sua proteção e transferência de Constantinopla para o Vaticano em algum momento após a Primeira Cruzada, e eles teriam feito o seu melhor para ofuscar a fato, descrevendo-o em termos simbólicos.

Labyrinth34A imagem do século XIX de um bode sabático ou Baphomet de Eliphas Levi – Dogme et Rituel de la Haute Magie, 1854. Os braços possuem as palavras em Latim: solve (dissolver) e coagula (congelar)

O Baphomet pode ser pensado como uma representação do Palladium descrito pelos Cavaleiros Templários. Eles entenderam o mistério por trás da efígie. A imagem de Athena é substituído pelos “chifres” com a tocha entre eles, no estilo do símbolo de Hécate. As luas crescentes e pentagrama de Pitágoras com seus cinco triângulos dourados, acentuam essa relação. O corpo ginandromórfico da criatura é a mesmo que o de Átis-Cybele conhecido pelos cultos Mithraian. As serpentes entrelaçadas do caduceus no centro da imagem, espelham a serpente que contorna o pilar do Palladium.

O Baphomet é um conglomerado do símbolo do culto Leontocefalino de Mitra e da deusa Cibele, mas com a cabeça do leão substituída por uma referência semelhante ao Nachash, o deus cabra. Seu significado é o mesmo, de fato, como o Palladium.

A 33 grau do Rito Escocês, o Maçom Albert Pike pode ter pertencido à ordem secreta que foi fundada em Paris em 1737. Embora os maçons desde então, declaram que a existência do grupo é seja uma ficção, o capítulo ocidental foi dito estar localizado em Charleston, Carolina do Sul, e liderado por Pike.

O revolucionário italiano e o diretor mundial da Maçonaria Iluminista, Giuseppe Mazzini (1805-1872) trabalhou com Pike para formar a nova sociedade e deu a Pike o título de “Soberano Pontífice da Maçonaria Universal.” Pike nomeou a nova sociedade como “A Ordem do Novo Rito Palladiano Reformado”. Ele e Mazzini procuraram criar um rito supremo da Maçonaria Universal que controlaria o mundo da Maçonaria e centralizaria os maçons sob um mestre supremo. A penúltima cerimônia da sociedade unificada conhecida como os Paladistas foi o Rito Palladium.

Labyrinth37Em uma carta a Albert Pike, em janeiro de 1870, sobre a formação de uma nova sociedade, Mazzini escreveu:

Devemos permitir que todas as federações continuem a ser exatamente como são, com seus sistemas, suas autoridades centrais e suas diversas formas de correspondência entre os altos cargos do mesmo rito, organizados como estão no momento, mas temos de criar um rito supremo, que permanecerá desconhecido, ao qual chamaremos aqueles maçons de alto grau quem iremos selecionar. No que diz respeito aos seus irmãos na Maçonaria, esses homens devem ser penhorados no mais estrito sigilo. Através desse rito supremo, vamos governar toda a Maçonaria, que se tornará o centro internacional, o mais poderoso, porque sua direção será desconhecida.

Esta idéia de manter um seleto grupo mais secreto e ainda mais poderoso do que a fachada externa foi também defendida por Manly P. Hall, quando escreveu:

A Maçonaria é uma fraternidade dentro de uma fraternidade, uma organização exterior que esconde uma irmandade interior de eleitos …. é necessário estabelecer a existência dessas duas ordens separadas e ainda interdependentes, uma visível e a outra invisível. A sociedade visível é uma esplêndida camaradagem de “livres e aceitos”, homens intimados para se dedicarem às preocupações éticas, educacionais, fraternais, patrióticas e humanitárias. A sociedade invisível é uma fraternidade secreta e mais augusta, cujos membros se dedicam ao serviço de uma arcandrum arcannum misteriosa.

O site do Rito Antigo e Primitivo de Memphis Misraim, Soberano Santuário para a Bulgária, descreve a importância do Rito Palladium:

Este ritual era para ser mantido em segredo a todo custo e apenas alguns poucos escolhidos foram selecionados. O Palladium seria uma aliança internacional de maçons chave. … Este rito combina as Grandes Lojas, Grande Oriente, todos os 99 graus de Memphiz-Mitzraim e os 33 graus do Rito Escocês. Portanto, o alto nível da Maçonaria contém toda a prática de Memphis-Mizraim, e controla totalmente as Lojas Maçônicas separadas modernas.

Pike lutou ao lado do Sul durante a guerra e mais tarde foi considerado culpado de traição e preso. Após o assassinato de Lincoln, seu companheiro maçom, o presidente Andrew Johnson, o perdoou e se reuniu com ele na Casa Branca em 1866.

A interrupção da construção do Monumento a Washington foi programada de acordo com o trabalho que tinha de ser concluído sobre a centralização do poder nos Estados Unidos. Albert Pike deve ter tido posse do Palladium no momento da sua dedicação. Consistente com as localizações do Palladium ao longo da história, corresponde com a potência mundial dominante, e da mesma forma como era… nós estamos prontos para revelar a localização do Palladium hoje e as intenções para a sua utilização pelos guardiões da…

O LIVRO CHEGA EM SETEMBRO!

“Pela primeira fez, aprenderemos os segregos ocultos concernentes à localização do antigo Palladium e a significância profética e o poder pertencente a ele segundo os praticantes da misteriosa religião…no próximo mês em…”

OS SEGREDOS OCULTOS DO LABIRINTO

 

Anúncios