BOA INTENÇÃO E VONTADE; MÁ ESTRATÉGIA AO “LIVRAR-NOS DO MAL”

Quando vejo Hollywood lançando filmes sobre exorcismo já fico com um pé atrás, pois como pode uma indústria cinematográfica que se especializa em espalhar informações “iluminadas” e servir como praticamente uma igreja satanista travestida de “mundo de magia e fantasia do cinema” ao propagar a doutrina do grande engano de pura mentira, ficar lançando filmes sobre como combater o mal? É claro que a resposta chama-se desinformação. Ao lerem o texto abaixo, vocês irão ver que o ex-policial (no qual o filme “Livre-nos do Mal foi baseado) está cheio de boa vontade e a melhor das intenções, mas a falta de conhecimento da Palavra do Senhor, pode fazê-lo e a muitos (depois de verem o filme) a tomar caminhos tortuosos na batalha contra as hostes espirituais malignas. Aqueles que conhecem a Palavra sabem que aqueles que renascem em Jesus Cristo conhecem o poder do nome de Jesus/Yeshua sobre toda as coisas, pois só Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida e ninguém vai ao Pai senão por Ele. Se usar de outros artifícios que não seja o nome de Jesus/Yeshua e confessá-Lo como Senhor de tudo em sua vida, é sofrimento e angústia. Pois:

Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Filipenses 2:10-11

E para que tivessem o poder de curar as enfermidades e expulsar os demônios: Marcos 3:15-16

E João lhe respondeu, dizendo: Mestre, vimos um que em teu nome expulsava demônios, o qual não nos segue; e nós lho proibimos, porque não nos segue. Jesus, porém, disse: Não lho proibais; porque ninguém há que faça milagre em meu nome e possa logo falar mal de mim. Marcos 9:38-39

Mesmo assim eu creio que Deus se utiliza desse ex-policial, pois mesmo sendo católico e se utilizando de cruzes e textos de exorcismo fabricados pelos homens e pela igreja dos homens, ele está destruindo as obras do mal, que é o que devemos fazer nesse mundo, além de espalhar o Evangelho de Jesus Cristo. Creio que em sua batalha contra os demônios, eu oro para que o Senhor se revele a esse ex-policial e tenho certeza que Deus mostrará o caminho certo que ele deverá seguir em sua jornada e num futuro próximo ele descobrirá que tudo se dobra de joelhos somente ao nome do nosso Senhor Jesus Cristo/Yeshua!

POLICIAL DE NOVA YORK QUE SE TORNOU DEMONOLOGISTA EXPLICA PORQUE AS POSSESSÕES ESTÃO AUMENTANDO, E A COISA MAIS TERRÍVEL QUE ELE JÁ VIU DURANTE UM EXORCISMO

Fonte

Apesar de sempre acreditar na existência do bem, do mal e de Deus, o ex-policial do Departamento de Polícia de Nova York, o sargento Ralph Sarchie, não se considerava um cara muito religioso, até o dia em que ele começou uma batalha com o que ele viu ser muito perigoso, as forças sobrenaturais.

Sarchie, que se auto-proclama demologista, o qual foi policial do 46º distrito policial da cidade de Nova York, e a inspiração para o novo filme de Hollywood chamado “Livra-nos do Mal” (Deliver Us From Evil), disse ao TheBlaze que ele acredita em possessões e as infestações só crescem.

sarchie

“Elas definitivamente estão aumentando. Odeio dizer isso.” Disse Sarchie numa entrevista. “Uma vez que a sociedade está se afastando de Deus, ninguém pode negar o que está acontecendo. Existe uma grande parte da sociedade que sequer pode digerir Jesus Cristo e quando vemos isso, temos que entender de onde todo esse ódio vem.”

Vejam Sarchie falar sobre sua carreira incomum abaixo.

Dos muitos exorcismos que ele participou e ajudou, Sarchie, o qual se tornou um investigador paranormal enquanto trabalhava no DP de NY, disse que a coisa mais terrível que ele viu acontecer quando ele colocou um crucifixo perto da cabeça de um indivíduo supostamente possuído foi:

“Tínhamos algumas relíqueas na igreja naquele dia e as minhas estavam do lado direito da cabeça daquela pessoa, perto da região do ouvido dela…eu normalmente fico na frente”, disse ele. “Eu podia ver os olhos, e um olho olhava para o crucifixo, mas sem virar a cabeça. A cabeça era como a de uma estátua…os olhos iam e vinham e dava medo de ver aquilo.”

Sarchie descreve a pessoa como se fosse um animal enjaulado, que estava com medo, mas ainda assim era um grande predador tentando escapar.

“Fui um policial por muito tempo. Tive contato com muitas pessoas emocionalmente perturbadas e já prendi gente muito má, mas nunca, nunca em minha vida nas ruas vi nada como isso”, disse ele. “O olhar de um assassino para uma pessoa, nada tem a ver com o de uma pessoa sob possessão.”

E falando de seu trabalho, uma carreira que certamente é bem diferente, o ex-policial definiu sua vida profissional em termos simples.

“Demonologia é o estudo dos demônios. É como toda as outras “logias”, disse Sarchie. “Eu vejo ela de uma maneira religiosa”.

Mesmo não sendo um fervoroso Católico Romano que é hoje, Sarchie disse que percebeu que batalhando contra as forças do mal, ele assegura um bom relacionamento com Deus.

“Se eu fosse me envolver na batalha contra o mal, e precisava de uma religião forte”, disse ele. “Eu rezava todos os dias, rezava com meu rosário todos os dias e dizia para Deus que o que eu estava fazendo nessa vida era para agradá-Lo. Só posso fazer o que ele quer que eu faça.”

Sarchie relembrou como ele se envolveu com demonologia: Depois que ele se casou e teve sua primeira filha, ele entrou em contato com Ed e Lorraine Warren, investigadores paranormais os quais foram mostrados no filme de terror do ano passado “The Conjuring” (Invocação do Mal).

“Eu me tornei um de seus estudantes e comecei a ir com eles nas investigações de seus casos (os Warrens)”, disse Sarchie ao TheBlaze.

Ele descreveu os sinias de possessão, incluindo a força sobrenatural, fala em diferentes línguas, conhecimento de eventos os quais a pessoa não teria como saber, uma mulher falando com voz de homem e uma pessoa que fazia sons de animais.

Sarchie também disse que só pessoas ordenadas pelo clero podem fazer exorcismos, explicando que indivíduos possessos muitas vezes conhecem informações sobre o passado pecaminoso de exorcistas e seus assistentes.

Veja abaixo o trailer de “Deliver Us From Evil”:

Mesmo se auto-denominando como um proeminente demonologista, Sarchie disse que nunca aceitou um só centavo pelo seu trabalho, sempre oferecendo seus serviços de graça. De fato, ele disse, os casos despendem gastos em dinheiro, pois ele precisa pagar seus gastos com hospedagem e viagem para vários lugares.

O ex-policial disse que sabe que muitas pessoas duvidam de seus casos, mas ele disse ao TheBlaze que não se importa com os comentários dos outros.

“Sei o que esses céticos dizem por aí e alguns deles são até mesmo agressivos”, disse ele. “Não estou interessado no que dizem, não estou interessado sobre o que eles pensam sobre mim. Não estou nem aí.”

 

Anúncios