Aguardando: Assad e a Terceira Guerra Mundial

Comentário & Análise por L. A. Marulli

Se Damasco cair, Israel e seus campos de gás estarão ameaçados

DEBKAfile  Exclusive Report  July 17, 2012, 2:32 PM (GMT+02:00)

Manobra evasiva: Assad usará armas químicas
Aguardando……
Os dias de verão no hemisfério norte estão passando e o Oriente Médio talvez esteja chegando num ponto de mudança. Onde, um dos navios de guerra americanos abriu fogo contra um pequeno barco, matando um homem e ferindo vários outros. Há notícias também de fogo pesado em Damasco na Síria.
Coloquei post de ontem sobre o presidente da Síria, Bashar Al Assad, como um animal encurralado que está perdendo seus domínios de poder.
Sabemos que muitos dos seus generais de mais alto grau estão se protegendo ou fugindo do país com suas famílias. Também sabemos que Assad aparentemente moveu suas armas químicas para lugares em que ele as possa lançar. Israel, Turquia e Jordânia estão todas no alvo e enquanto não tenho uma bola de cristal para prever o futuro, me parece estarmos chegando num ponto de estopim. Assad tem mitigado a revolução trazida pela revolta árabe por meses, mas parece que seu controle do país está enfraquecendo ao ponto onde ele terá que tomar medidas extremas desesperadas para se manter no poder, ou fugir da Síria com seus bilhões de dólares.
O jogador a ser observado hoje é a Rússia. Estimo que o destino de Assad esteja nas mãos de Putin. Se Putin decidir apoiá-lo e despejar o pesado exército russo para ajudar o ditador, então Assad se manterá no poder. No entanto, se Putin não ajudar Assad, então restará uma única opção que será a de se manter se utilizando de todas as armas possíveis.
Os poderosos que estão no Irã devem estar de olho na Síria e à manipulada “troca de regime” sendo instigada pelo ocidente e já imaginaram que eles serão os próximos.
Já sabemos que existe um eixo de poder entre o Irã, a Síria e o Hezbollah, o grupo muçulmano radical que, para todos os propósitos práticos controla o Líbano. Fico imaginando se eles resolvessem agirem juntos. Se Assad cair, isso iria enfraquecer o Irã e todo esse eixo. Os muçulmanos no Irã e o líder do Hezbollah, Moktar Al Sadr, sabem disso e vão atirar pra todo lado, pois a Síria é o jogador chave e, de alguma forma, um exemplo para Crescente Shia.
Acredito que os árabes estão aterrorizados com o crescimento da Shia e por isso estão lutando por uma mudança de regime na Síria, pois eles sabem que com isso enfraquecem o Irã. Recentemente o Irã vendeu petróleo para a Turquia e a negociação foi feita em ouro e não em dólares, que é como se tivessem dado um tiro nos interesses americanos, uma vez que toda negociação de petróleo é feita em dólares e não em ouro. Esse é um ato de rebelião fiscal e será interessante vermos como os EUA reagirá a isso.
Fechando post de hoje: Os eventos no Oriente Médio estão aumentando. Já coloquei aqui sobre o Dia 9 de Av, que é 28 de Julho e está chegando. Esse é um dia de calamidades para Israel, pois foi nesse dia que ambos primeiro e segundo templo foram destruídos. Coincidindo com isso está o início dos Jogos Olímpicos na Grã Bretanha. Esses dados já pintam um gráfico estranho, assim como uma abertura dos jogos bem esquisita já planejada. Vejamos o que acontece e aguardemos….

Aquietai e sabei que eu sou Deus: Eis que o dia está chegando quando eu vou mostrar minha força sobre as montanhas de Israel.

Anúncios