Uma Terra Oca

UMA TERRA OCA? 

 

A Ciência Moderna diz que não!

 

A ciência moderna dirá que é impossível a Terra ser “Oca”. É essa mesma ciência moderna que diz que o homem veio do macaco e de que não existem essas coisas chamadas OVINIS. A posição “oficial” da Igreja (versão da Sagrada Igreja Romana) era de que a Terra era plana. As ciências emergentes de então começaram a perceber de que isso estava errado. Hoje, na mente de muitas pessoas, a Bíblia perdeu sua credibilidade por causa de erros cometidos pelo homem! O engraçado é que a Bíblia declara que a Terra era redonda muito antes da existência da “Ciência Moderna” ou da Igreja! (Sagrada Igreja Romana).

(Isaías 40:22)- Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar;

A Bíblia sempre esteve certa, fora a própria interpretação do homem ou a falta de procedimentos de interpretação adequados que falharam!

Será que existe uma controvérsia sobre uma Terra oca?

Muitos cristãos professam a crença num literal “Inferno”. Quando são pressionados a definir sua localização, muitos apontarão para o chão ou explicarão como sendo um lugar muito distante em outra dimensão em algum tipo de plano espiritual. Um conceito vago e de pouca clareza sobre o inferno tem sido ensinado pelos últimos 100 anos. O resultado disso é outra grande confusão envolvendo a Cristandade tradicional sobre a separação entre espírito e carne.

As evidências científicas atuais não são tão conclusivas assim em se tratando de uma Terra oca assim como acontecem com a Teoria da Evolução ou OVINIS. Existem provas científicas válidas de que planetas e luas ocas seriam a norma corrente e não uma exceção. O fato atual é de que nós (pelo menos o público) sabemos muito pouco sobre as condições internas da Terra. O ponto é que mesmo sob as tentativas de afirmação pela ciência, não existem provas de que a Terra seja sólida.

Creio que devido ao fato de a ciência ter sido capaz de produzir muitas conveniências tecnológicas, os cientistas se tornaram algo que chamo de Padres-Cientistas. Eles nos dizem no que devemos acreditar tanto nos reinos espiritual quanto físico e nós os aceitamos inquestionavelmente. Isso era o que as pessoas faziam antigamente com os Padres do Sagrado Império Romano. Tudo o que fizemos até agora foi focar o mesmo comportamento de uma Religião Organizada para uma Ciência Organizada, o que para muitos se tornou uma religião inquestionável. Creio que a Igreja se sinta embaraçada com a importante posição dos Padres Cientistas que ridicularizam o pensamento sobre uma Terra oca.

Lendas Circulantes:

Lendas circulam através de muitas culturas sobre as origens das primeiras pessoas que habitaram a Terra. Algumas descrevem uma raça que apareceu do interior da Terra. Por exemplo temos a cultura indiana que nos diz sobre “as tribos brancas que vivem na Terra” que ocasionalmente aparecem das cavernas. Uma série de desenhos das cavernas da Índia mostram um grupo de pessoas emergindo de um lugar oco abaixo da Terra. De acordo com lendas locais, esses foram os primeiros seres humanos que deixaram o mundo subterrâneo e iniciaram o povoamento do mundo da superfície.

Lendas dos nativos americanos como os Mandan, Sioux e Tuscaroras incluem suas origens tribais advindas do interior da Terra. Os esquimós seguem os mesmos ensinamentos. Os Shavaneses afirmam que uma civilização de “brancos” viveram na Flórida antes da chegada deles e deixaram suas construções para trás dentro de cavernas na Terra. Os Incas também têm uma cultura similar sobre uma raça subterrânea de seres brancos que viajavam através de cavernas. Desde a China, Islândia e os Astecas da América do Sul, todos têm seus escritos sobre os domínios internos da Terra criados pelos “deuses” pelos primeiros humanos. Uma lenda Oriental descreve a origem de Adão vindo do interior da Terra. Uma lenda Hindu adiciona ainda o fato de que Adão era um rei de um grupo que fugiu de um grande cataclismo de dentro da Terra oca e depois retornaram para repovoá-la. Monges tibetanos fazer referência a duas áreas subterrâneas: Shambala e Agatha, como sendo locais de moradia de mestres ascensionados e outros. Orfeu desceu até o interior da Terra para procurar por Euridice na mitologia grega; o lar verdadeiro de Apolo era entre os Hiperbóreos dentro da Terra na mitologia romana. As Valquírias desciam e subiam de dentro da Terra na mitologia nórdica. Até mesmo hoje em dia, a seita Bom Po do Tibete afirma que tem contatos com os mestres do submundo e o “Rei do Mundo”; O Senhor Maitreya, em túneis e cavernas nas montanhas do Himalaia.

Nomes como: Agharti, Shamballa, Shangri-La, Thule, Arktos, Valhalla, e Hades, todos são ditos por crenças de lugares diferentes sobre o interior da Terra. Esse conceito seja como mito ou lenda é verdadeiramente universal entre as mesmas, assim como o Dilúvio.

Evidência Histórica?

A primeira pessoa a escrever todo um trabalho sobre a Terra oca fora o famoso Astrônomo inglês e Matemático Sir Edmund Halley (sim, o cara do cometa). Em 1692 ele publicou sua teoria sobre a Terra oca. Sua teoria fora desenvolvida em trabalhos com Sir Isaac Newton sobre as flutuações magnéticas da Terra e suas possíveis causas. Sua solução foi: a Terra é oca. Ele acreditava de que existiam três cones concêntricos com um centro de lava derretida, que servia como um “sol interno”.

Muitas pessoas no início do século 19 popularizaram a idéia da Terra oca. Ela fora tomada a sério em nossa própria história na América. John Simms, uma Capitão reformado e herói condecorado do Exército dos EUA, dedicou sua vida em pesquisas sobre as teorias da Terra oca. Ele acreditava também na existência de uma civilização dentro da Terra, com aberturas em ambos os pólos. Ele morreu em 1829 sem realizar o seu sonho, mas suas idéias foram responsáveis pelo fato gerado numa expedição governamental entre os anos de 1838-1840 para a Antártida, liderada por Charles Wilkes. O Instituto Smithsonian fora construído com o propósito expresso de guardar os achados dessas expedições, aprovadas pelo Presidente John Quincy Adams e pelo Congresso.

Almirante Byrd:

Existiram muitos outros exploradores no final do século 19 e início do século 20 que procuraram explorar as regiões polares. O mais recente e bem sucedido fora o Almirante Richard Byrd. Fazendo muitos vôos sobre ambos os pólos e mapeando a Antártida, Byrd se tornou um “expert” americano. Nos seus primeiros anos (1929) ele fez um vôo com seu navegador Lloyd K. Grenile sobre a Antártida e descobriu uma cadeia de grandes montanhas as quais chamou de Montanhas Rockfeller, nome do patrocinador da expedição. Alega-se de que ele tenha feito um filme de sua segunda viagem naquele ano. A novidade passou em todos os cinemas na América, descrevendo ambas as viagens. Nesse filme ele mostrou fotos da “terra além do pólo”, incluindo montanhas, árvores, rios e um grande animal identificado como um Mamute! Mas é claro que hoje em dia esse filme não existe mais. Antes de morrer, Grenile confirmou a existência do filme. Em seu livro “Mundo Além dos Pólos” (1959), o autor F. A. Giannini apresenta assinatura de testemunhas oculares que se lembram de terem visto o filme. (Eu pessoalmente me lembro dos meus avós me dizendo algo sobre esse filme).

Muitas das últimas viagens feitas por Byrd se iniciaram com afirmações entusiasmadas sobre umas das maiores descobertas a serem feitas. Quando de sua volta, a imprensa fez pouco caso sobre o assunto e Byrd nada declarou. Existe um Diário chamado de o “Diário perdido” de sua viagem à Antártida em 1947, como segue:

Diário de Vôo, Campo Ártico, 19 de Fevereiro, 1947

“Estamos atravessando um conjunto de pequenas montanhas e mantendo em direção norte…Além do conjunto de montanhas está o que parece ser um pequeno rio…Não deveriam existir vales verdes por aqui. Algo está definitivamente errado e anormal aqui…Deveríamos estar sobre gelo e neve. À esquerda existem grandes florestas subindo pelo lado da montanha…Os instrumentos continuam girando. O giroscópio está oscilando para trás e para frente…Altero a altitude para 1400 pés e executo uma curta curva para a esquerda…A luz aqui parece diferente. Não posso mais ver o Sol…Fazemos outra curva para a esquerda e avistamos o que parece ser um grande animal logo abaixo…parece um animal tipo um mamute. Isso é incrível, mas é verdade…o indicador de temperatura mostra 74 graus Farenheit (= 23 graus Celsius)…Continuando nossa rota. Os instrumentos de navegação parecem normais agora…O rádio não está funcionanado. O lado continental parece mais nivelado que o normal…A frente avistamos o que parecem ser casas. Isso é impossível! O avião parece estar mais leve e comportando-se estranhamente. Os controles se recusam a responder. Os motores de nossa aeronave pararam de funcionar. O processo de aterrissagem está iniciando…Estou fazendo uma última tentativa de falar no diário de bordo. Eu não sei o que está para acontecer agora…”

Pesquisadores sobre a Terra oca ficam divididos sobre o diário. O ceticismo é mais baseado no próximo diário onde Byrd descreve que seu avião fora forçado a aterrissar por um disco voador. Existe uma marca tipo suástica nele. Ele então se encontrou com um homem alto e loiro, olhos azuis e que falava inglês com sotaque alemão-nórdico. Ele passeou com ele e mandou uma mensagem para a superfície alertando-nos sobre o abuso de testes com armas nucleares.

Alerta Vermelho!

Por mais que eu queira acreditar nesse diário perdido, existem aqui alguns sérios problemas. Não vejo problema no conteúdo do mesmo. Mesmo tudo isso parecendo ser muita loucura para a maioria das pessoas. Meu problema é a maneira como ele respondeu ao que ele estava experimentando. Ela já não havia feito e filmado essa viagem em 1929? Então por que ele se encontrava tão surpreso ao retornar em 1947???

Não deveria ele ter tecido comentários da mesma maneira ou similarmente à sua última viagem já feita? Ele já esteve lá, e descrito o que vira. Isso mais conveniente na época e inconsistente com suas experiências passadas.

Não tenho dúvidas de que esses eventos aconteceram; apenas duvido da genuinidade desse diário. Quando investigamos quaisquer coisas que possam estar tentando ser encobertas ou silenciadas, devemos esperar por um monte de informações espúrias adicionadas por uma variedade de razões. Acredito que alguém bem conhecedor dessa verdade tentou criar uma documentação para provar esse caso. Mas provas talvez sejam reações suspeitas de nosso próprio governo (EUA) às colônias nazistas e à viagem que Byrd fez à Antártida em 1947 chamada de Operação High-Jump. Almirante Byrd, nosso único especialista na Antártida, comanda uma expedição. Equipada com 13 navios, incluindo um porta-aviões, dois aviões e 4000 tropas terrestres, o comboio parte para a Antártida. Ao público é dito que essa é uma expedição científica para “testar” equipamentos militares em condições de frio extremo; a expedição saiu por 8 meses. Tudo parecia normal, exceto pelo fato de que a expedição manobrava de maneira a realizar um ataque militar. Eles fizeram uma cobertura entre dois pontos de uma área chamada “Neu-Schwabenland” que os nazistas exploraram e dominaram, dizendo ser deles. A expedição retornou para a América poucas semanas depois de sofrer pesadas perdas de equipamento. Washington censurou o Almirante Byrd a ficar em silêncio sobre a falha da operação. O que realmente aconteceu na Antártida talvez nunca saibamos. O que achamos são traços de evidências de algum tipo de encobrimento. Outra peça de evidência que achamos é a autenticidade do Diário de Byrd.

No autêntico Diário de Byrd, suas últimas palavras antes de sua morte em 1957 nos diz algumas verdades.

“25 de Dezembro, 1956; nesses últimos anos desde 1947 eu não tenho sido tão bondoso, farei agora minha última anotação neste singular diário. Primeiramente deve atestar que tenho mantido esse assunto secretamente com toda minha fé como me pediram por todos esses anos. Isso tem acontecido contra todos os meus valores e direitos morais. Agora parece que vejo uma longa noite se aproximando e esse segredo não morrerá comigo, mas a verdade será mostrada, ela triunfará. É a única esperança para toda humanidade. Tenho visto e isso tem balançado meu espírito que deseja se libertar. Tenho cumprido meu dever frente ao monstruoso complexo militar e industrial. Agora a longa noite do Ártico termina, o brilhante nascer do sol da verdade retornará, e aqueles que estão na escuridão irão falharão em seu vôo. Pois tenho visto a terra além dos pólos, o centro do grande desconhecido.”

Depois disso ele coloca sua própria assinatura: Richard E. Byrd, Marinha dos Estados Unidos. Essas palavras indicam que ele fora silenciado sobre as coisas pelas quais passou e sabia. Em quaisquer conspirações ou acobertamentos nunca acharemos evidências fortes, apenas ações suspeitas e reações, junto com traços e pedaços de evidência que criam mais perguntas do que respostas.

Uma Perspectiva Oculta da Terra:

Até mesmo os ocultistas possuem várias crenças, algumas dadas “sobrenaturalmente” aos mesmos. Cyrus “Koresh” Teed, fundador da Koreshianidade, ensina que a Terra é uma concha laminada, formada de nobres metais como o ouro sendo o mais exterior. O sol e as estrelas e seus reflexos, (chamados planetas assim como a Lua) movem dentro dessa esfera. Existe um sol negro central, que produz as obstruções da noite. Ele recebeu esse ensinamento de uma figura angelical que apareceu a ele em seu laboratório de alquimia. Seus seguidores o cultuam e ele mistura sua própria pitada de pseudo-Cristandade. A profecia a seguir é quase uma auto-proclamação como sendo uma figura messiânica.

Estamos agora nos aproximando de uma grande conflagração biológica. Milhares de pessoas irão se desmaterializar, através de uma vibração biológica eletromagnética. Isso virá através da direção de uma mente, o único que possui o conhecimento dessa lei de transmutação bioalquímica. A mudança será alcançada através da formação de uma bateria biológica, cujas leis são conhecidas apenas por um único homem. Esse homem é o profeta Elias, ordenado por Deus, o Pastor dos Gentios e a reencarnação central das idades. Dessa conflagração nascerão os filhos de Deus, a geração biúna do Senhor Jesus, o Cristo e Filho de Deus.”

Essa cosmologia bizarra influenciou Adolf Hitler ao ponto do mesmo tê-la como guia. Mandando uma expedição à Islândia, ele tentou captar no radar as ondas dessa “concha” para detectar atividade naval britânica. Obviamente isso se tornou uma missão falha, mas outros reveladores ocultos talvez tenham aberto os olhos dele para a realidade da Terra Oca.

Fato ou Ficção Científica?

Sir Edward Bulwer-Lytton

Sir Edward Bulwer-Lytton foi conhecido mundialmente pelo seu livro, “Os Últimos Dias de Pompéia”. Ele era um maçom de alta graduação, um rosacruz e membro da ordem inglesa social neo-pagã conhecida como “Golden Dawn” (Amanhecer Dourado). Ele escreveu um livro (supostamente fictício) chamado, “A Raça Vindoura” (1871). Essa história conta sobre seres subterrâneos altamente desenvolvidos que possuem o misterioso poder da Força Vril. Os seres são descritos como extremamente altos, caucasianos e com força sobrehumana. Seus poderes os tornam aptos a utilizar um aparelho empunhado com asas, que os permite voar. Suas vidas duram séculos. O poder do Vril é uma força mental focalizada em uma barra de cristal que cada um desses seres possui. Eles vêem os humanos na superfície como nós vimos às vacas ou animais. A história afirma que um dia eles emergirão de suas cavernas subterrâneas para reaver a superfície e nos dominar. Embora apresentada ao público como ficção, iniciados ocultistas acreditam que essa é uma verdade velada dentro de uma história ficcional.

Uma das sociedades secretas que se uniu à sociedade Thule para formar o partido nazista foi a sociedade Vril. Eles baseiam toda sua sociedade sobre esse livro ocultista de “ficção”. Seus desejos são o de descobrir e desenvolver o poder do Vril e contatar os seres intraterrenos para formar uma aliança. Por mais maluco que isso possa parecer, ações sérias foram tomadas para alcançar esses objetivos. Nos nossos tempos modernos isso seria o mesmo que a Maçonaria se juntasse com o fã clube oficial de Jornada nas Estrelas para se formar um movimento político poderoso.

 

Um Conceito nem tão Nova Era assim:

 

H. P. Blavatsky, médium espiritualista e fundadora da Teosofia, afirma que a região do Pólo Norte é o Atma, a alma eletromagnética pura da Terra e espiritualmente chamada de Portal, onde o Pólo Sul é chamado de “O Abismo”, cosmicamente e terrestrialmente. O Norte sendo positivo e o Sul sendo negativo. Ela escreveu sobre a “raça mestre” Ariana e sua origem subterrânea do interior da Terra. A Terra então é tida como uma força vivente com energia luz fluindo para dentro através do Pólo Norte e sendo excretada através do Pólo Sul. A humanidade emergindo deste “ventre” para viver na superfície é comparado a um “nascimento”.

Na virada do século 19, muitos intelectuais e aristocratas europeus tinham a Teosofia de Madame Blavatsky como base para seus maiores guias da “Doutrina Secreta” em seus corações. A Sociedade Thule era formada baseada na Doutrina Secreta da Teosofia. Como fora mencionado, eram essas sociedades secretas ocultas e grupos financeiros que mais tarde fizeram parte do Partido Nazista!

A Perspectiva Cristã no Século 19:

H. M. Howell, um educador cristão, escreveu em seu livro “O Problema Cósmico Resolvido” (1895) que um paralelo existente entre as correntes oceânicas e os quatro rios mencionados em Gênesis 2:10-14 fluiam do Éden. O Éden então estaria no lado côncavo do globo, com as águas correndo para a superfície através do Pólo Sul, completando tudo seu curso pela Terra retornando pela abertura no Pólo Norte. Eu menciono esse homem visionário e inspirado por Deus porque ele está certo! Agora nós temos que dar uma olhada no que a palavra de Deus nos fala sobre nosso próprio mundo. É realmente algo Além da Ficção Científica!

O que Jesus tem a dizer sobre a Terra Oca:

Enquanto falava aos seus discípulos sobre retidão, fé e perdão, ele disse uma história atual e literal sobre Lázaro e o homem rico. Ele não deu o nome do homem rico, mas ele disse o nome do pobre, Lázaro. Sempre que Jesus falava por parábolas, ele nunca se utilizava de nomes pessoais e no entanto esse era um evento acontecido descrito por Jesus.

(Lucas 16:19) – Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.

(Lucas 16:20) – Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;

(Lucas 16:21) – E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.

(Lucas 16:22) – E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.

(Lucas 16:23) – E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.

(Lucas 16:24) – E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.

(Lucas 16:25) – Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.

(Lucas 16:26) – E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá.

Agora vamos dar uma olhada nos detalhes geográficos descritos e suas implicações espirituais. Temos duas áreas separadas por um golfo ou abismo, que é fixa. Quando lemos “seio de Abraão”, nós usualmente pensamos em uma área frontal do corpo entre os braços. Outro significado familiar da cultura de antigamente é descrita na Concordância de Thayer desse seio como sendo um bolso. Esse bolso é um buraco formado pela parte de cima de uma túnica. Essa era uma maneira rápida e segura de se carregar coisas (como uma carteira ou bolso). Esse evento literal dito por Jesus descreve um bolso de duas partes, uma negativa e uma positiva separadas uma da outra por um golfo. Esse era o conceito do Velho Testamento sobre o Inferno ou Sheol como sendo um lugar para onde todas as almas que partiam iam para um ou outro lugar.

A Bíblia contém passagens adicionais que dão suporte a essa idéia de uma Terra oca com duas câmaras.

(Salmos 116:3) – Os cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; encontrei aperto e tristeza.

A palavra dor, em hebraico é metsar que significa algo apertado. Ela vem da raiz hebraica qebah significando barriga (como uma cavidade), o primeiro estômago de um ruminante. (Eles têm mais de um estômago!). Na etimologia da palavra para dor nós entendemos a Terra oca possuindo duas câmaras. Quando veio o dilúvio das fontes das “profundezas” para a superfície, de onde vieram? Do subterrâneo! Isso também significa que H. M. Howell estava certo sobre o paralelismo existente entre as correntes oceânicas e os quatro rios do Éden.

DEPOIS DA CRUZ, ANTES DA RESSURREIÇÃO, JESUS FOI PARA AMBAS AS CÂMARAS DA TERRA OCA:

O ensinamento do Novo Testamento é o de que antes da morte e ressurreição de Jesus, todos aqueles que morriam na fé não podiam deixar essa densa dimensão até a hora da chegada de seu retorno.

Depois da morte e ressurreição de Jesus, ele desceu para declarar um posterior julgamento sobre os anjos que pecaram e estavam noTartarus e libertou os cativos que estavam no paraíso.

(Efésios 4:9) – Ora, isto ele “subiu” que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?

Essa diminuição da população do paraíso é descrita em Mateus 27:52-53,

(Mateus 27:52) – E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados;

(Mateus 27:53) – E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.

Depois desse acontecimento, a parte superior do Sheol ficou vazia. Agora, para aqueles que morrem em Espírito, esses vão diretamente estar com o Senhor na dimensão celestial. (2 Co 5:8).

NA CÂMARA MAIS BAIXA, JESUS DECLAROU ALGO AOS ANJOS CAÍDOS E SEUS DESCENDENTES:

(I Pedro 3:18) – Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito;

(I Pedro 3:19) – No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;

(I Pedro 3:20) – Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água;

“Pregou”, nesse contexto, não significa que Jesus pregou o evangelho. A palavra simplesmente significa declarar alguma coisa. “Espíritos” é referente aos espíritos angelicais sem corpos e não humanos. Uma posterior descrição dessa visita de Jesus é mencionada pelo Profeta Isaías:

(Isaías 26:13) – Ó SENHOR Deus nosso, já outros senhores têm tido domínio sobre nós; porém, por ti só, nos lembramos de teu nome.

(Isaías 26:14) – Morrendo eles, não tornarão a viver; falecendo, não ressuscitarão; por isso os visitaste e destruíste, e apagaste toda a sua memória.

Eles estão mortos e decaídos e não voltar a viver ou ressuscitar é seu estado natural pela conseqüência de seu julgamento. A palavra para “falecidos” é rapha que são os “fantasmas dos Gigantes”. Seu destino fora traçado e eles não farão parte da ressurreição. Mas então eles foram “visitados”. Essa palavra significa algo como uma intervenção ou alteração de um processo natural. Essa mesma palavra fora utilizada quando Sara fora visitada em sua velhice e concebeu Isaac. Essa visita fora parte da descida de Jesus ao submundo.

A segunda parte da palavra Paqad para “visitou”, tem um significado muito amplo; seu uso mais comum é o de desenhar ou preparar um exército. Acredito eu o significado aqui é ambíguo. Essa é uma intervenção divina de um processo normal para permitir a ressurreição desses gigantes, os anjos que pecaram e seus descendentes, para o propósito expresso de se prepararem como um exército para sua destruição final. Existe também uma forte ênfase de que essa ação está sob controle e faz parte do plano de Deus. A palavra hebraicaamad é usada para destruição e perecer em Isaías 26. Ela é a raiz da palavra Abandonado ou do grego, Apollyon, que é o destruidor que virá do abismo com o exército de “gafanhotos” (um termo figurativo para nações). Esse é o mesmo exército mencionado em Jó 2:1-11 e Ap 9:1-11. Em Ap 19 eles são destruídos por uma simples palavra durante o retorno do Senhor Jesus.

Pela nossa causa é importante vermos que Jesus fora para ambas as câmaras logo após a sua morte antes de sua ressurreição. Entendendo isso pelas próprias afirmações contidas na Bíblia, podemos desenhar conclusões interessantes!

O SEIO DA ABRAÃO = PARAÍSO = ÉDEN! TUDO A MESMA COISA?

Se o seio de Abraão é o paraíso, então o que é o paraíso? Jesus disse ao ladrão perto dele na cruz que: “hoje você estará comigo no Paraíso.” Depois da cruz ele não subiu ao céu, ele foi até as câmaras da Terra, para o seio de Abraão, onde Lázaro fora, o paraíso. É muito importante entendermos essa conexão. Porque muitas implicações posteriores estarão relacionadas a essa análise. Esse é um lugar dentro da própria Terra. Que fora chamado de seio de Abraão e Paraíso. Não existe nenhum Paraíso mencionado em outro lugar. Esse é o única Paraíso mencionado. Vamos dar uma olhada na importância de tudo isso.

(Apocalipse 2:7) – Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da ÁRVORE DA VIDA, que está no meio do PARAÍSO de Deus.

Sabemos que a árvore da vida está no Jardim do Éden! Só existe uma árvore da vida. Isso quer dizer que Éden e Paraíso são a mesma coisa, assim como é o seio de Abraão. Onde eles estão? Dentro da TERRA OCA!

O Jardim do Éden então não está na superfície em algum lugar oculto ou plano etéreo perdido, mas no subterrâneo. Os muitos mitos culturais do homem subindo de uma Terra interior nada mais são do que traços de uma memória em concordância com a Bíblia!

E SOBRE OS BURACOS NOS PÓLOS?

A Bíblia menciona algo desse tipo?

(Jó 38:30) – Como debaixo de pedra as águas se endurecem, e a superfície do abismo se congela.

Isso realmente é muito interessante. As águas “escondidas” debaixo de pedra são as águas internas das profundezas ou abismo. Como uma pedra no seu topo, as águas excedentes do dilúvio agora cobrem a face ou abertura para o abismo. Esse gelo cobrindo são os chamados círculos Ártico e Antártico. Congelados como uma pedra para cobrir as aberturas da Terra interna e as águas “escondidas” lá dentro. Esse fora apenas um resultado dos efeitos do período pós diluviano.

(Salmos 33:7) – Ele ajunta as águas do mar como num montão; põe os abismos em depósitos. (Jó 26:10) – Marcou um limite sobre a superfície das águas em redor, até aos confins da luz e das trevas.

Ele marcou um limite literalmente significa que Ele inscreveu um círculo sobre a face das águas. Antes do dilúvio existia um acesso bem fácil para se entrar e sair.

(II Pedro 3:5) – Eles voluntariamente ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus, e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste.

(II Pedro 3:6) – Pelas quais coisas pereceu o mundo de então, coberto com as águas do dilúvio,

(II Pedro 3:7) – Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios.

A palavra grega para Terra em seu sentido geral, significa terra arável. A palavra grega, sunistao, para de pé é melhor aceita, de forma conjunta. Nesse sentido, terra submersa ou terra afundada não é o que é mencionado aqui, mas sim terra da superfície fora das águas, e superfície da Terra nas águas (subterrânea). Entendendo isso, podemos ver que a terra arável era a mesma fora e dentro das águas. Mas o dilúvio mudou tudo isso. O versículo 6 afirma que o mundo (em seu arranjo original) de antigamente fora destruído no dilúvio. Agora as faces ou aberturas nos pólos foram cobertos por águas congeladas diluvianas e os reinos interior e exterior foram separados um do outro. Uma câmara está vazia e selada até o fim dos tempos. A outra câmara continua povoada. Os únicos habitantes dali são rebeldes. São eles os anjos caídos no Tartarus (um nível inferior em Hades) ou as almas que partiram e estão condenadas (no nível superior de Hades) ou leste do Éden na terra de Nod – humanos!

Essa câmara inferior será aberta em algum momento em nossa história. Uma possível interpretação de Jó 26:8 afirma:

(Jó 26:8) – Prende as águas como um matagal (uma fortaleza) antes de abrí-lo para uma passagem oculta debaixo delas.

Temos dois pólos, uma está coberto até o fim dos tempos, e o outro está “quebrado”. Isso pode corresponder com outra passagem da Bíblia de alguém que “cavaria até o inferno”.

 

A PROCURA FINAL POR ESSE REINO: 

A Bíblia sugere que existirá um tempo em que um indivíduo e um grupo de fugitivos tentarão entrar nesse reino subterrâneo. O Profeta Amos em seu livro proclama uma interessante profecia:

(Amós 9:2) – Ainda que cavem até ao inferno, a minha mão os tirará dali; e, se subirem ao céu, dali os farei descer.

 

Área Vermelha: Neu-Schwabenland, Antártida

 

Nesse contexto, essas pessoas ditas fugitivas, fogem do julgamento de Deus. Existem várias razões para entendermos essa profecia de forma literal e não apenas como alguma afirmação alegórica. “Por que alguém desejaria cavar até o inferno?” Você deve estar se perguntando. Se você crê em alguma dessas idéias de Koresh, Bulwer-Lytton e Blavatsky, você desejaria cavar até essa região à procura de aliados. Nas cabeças dos nazistas eram as idéias Teosóficas que rolavam, eles acreditavam ser a raiz genética diluída de uma super-raça subterrânea, que possuía o poder do Vril. Seus objetivos eram o de fazer alianças com seus “irmãos” do subterrâneo para obter o conhecimento do Vril a fim de construírem super armas e levar o mundo a uma Nova Era Ariana. Ao mesmo tempo, eliminando as outras raças eles readquiririam seus poderes psíquicos. Eles agiram de maneira muito séria sobre essas crenças aparentemente malucas e asseguraram uma porção da Antártida, e talvez tenham tentado “cavar” para dentro da Terra à procura de aliados.

Logo que Hitler assumiu o poder, uma expedição partiu uma área da Antártida que ficou sob posse dos nazistas e a chamaram de Neu-Schwabenland. Seus inimigos e seus compatriotas nunca entenderam essas ações e motivações. Através da guerra, submarinos continuaram trazendo equipamentos, suprimentos e homens para essa área. Submarinos que foram capturados nas regiões ao sul do globo, possivelmente se encontravam em rota para Antártida e com mais de 50 pessoas a bordo, quando o normal seria uma tripulação de umas 8 a 10 pessoas. Fora especulada a construção de um complexo subterrâneo. Essa hipótese surgiu da existência da Operação Redoubt (a fabricação de túneis e construção de grandes complexos subterrâneos nos Alpes Suíços). Sabemos então que a tecnologia para tal feito existia. Dos resquícios tecnológicos capturados dos nazistas, os Estados Unidos desenvolveram seu próprio complexo de ferro nas montanhas. Dificilmente era esse o desejo, cavar até o inferno, mas por um acidente, o resultado final alcançado possa ter sido justamente esse.

Parte da ideologia nazista do gelo eterno de Horbiger afirma que verdadeiros Arianos pertenceram a um clima muito mais frio e então foram pra lá. O objetivo de Hitler era seccionar uma porção de terra para o estabelecimento de um Império Ariano. Esse império serviria como um exemplo para o resto do mundo seguir e querer. Seguindo esse pensamento, a Antártida tenha sido escolhida para esse propósito. Eles acreditavam também que Thule, a capital Ariana estava localizada num ponto de entrada em algum lugar no Pólo Norte. Acreditando na existência de uma reversão da polaridade da Terra num passado remoto, a Antártida seria agora uma localização lógica e entrada desse místico mundo interno.

Seu líder também era alguém que entendia “adivinhações” como escreveu o Profeta Daniel 8:23 e viveria, morreria e subiria do “abismo sem fundo” sendo o líder morto de um curto império de duração de sete anos. Apocalipse 17:8-12. Acredito que esse abismo pode já ter sido aberto e os resultados das Abduções “alienígenas” já estão sobre nós. Apocalipse 9:1.

 

 

 

Vida Subterrânea! Aliados? Então quem é que está lá embaixo? 

Vida Subterrânea?

Essa história vai ficando cada vez mais estranha quanto mais andamos por ela, mas ainda assim as escrituras confirmam tamanha estranheza! Vejamos agora uma ordem dada por Deus para que habitasse em Israel.

(Êxodo 20:4) – Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, NEM NAS ÁGUAS DEBAIXO DA TERRA. Também: (Apocalipse 12:12) – … Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.

Parentes Nazistas? Descendentes da Caim!

Se Nod está a leste do Éden e o Éden está dentro da Terra… Isso significa que Node também está dentro da Terra?

Todas as passagens bíblicas dão uma importância muito séria a quem é o Rei do Leste (mencionado em Apo9:12) realmente e sua real localização e identidade.

Vamos dar uma olhada no diálogo entre Deus e Caim logo após ele ter matado Abel.

(Gênesis 4:11) – E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão.

(Gênesis 4:12) – Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra.

(Gênesis 4:13) – Então disse Caim ao SENHOR: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada.

(Gênesis 4:14) – Eis que hoje me lanças DA FACE (SUPERFÍCIE) DA TERRA, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo NA TERRA, e será que todo aquele que me achar, me matará.

(Gênesis 4:15) – O SENHOR, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.

(Gênesis 4:16) – E saiu Caim de diante da face do SENHOR, e habitou na terra de Node, do LADO ORIENTAL do Éden.

É interessante notar que em muitas traduções da Bíblia, só as mais antigas usam o termo “na terra”. Muitas das mais recentes traduções simplesmente dizem “sobre a Terra”. Uma grande liberdade de tradução colocada sobre a palavra de Deus porque assim se assume que a Terra é sólida e então não existe vida dentro dela. A única outra tradução de que tenho conhecimento e está de acordo com as antigas traduções é a Torah. Esse é o Antigo Testamento traduzido para o Português pelos próprios Judeus! Tirando esse compromisso com a interpretação, desde antigamente a Bíblia claramente descreve que o Éden ou Paraíso e Inferno são duas câmaras separadas dentro da Terra. Com isso firmemente estabelecido, (pelo menos de acordo com a própria Bíblia) a única palavra que pode ser utilizada nesse contexto é “NA”!

Caim fora retirado da superfície da Terra e levado para um reino subterrâneo. Ele ganhou uma “marca” para que ele não fosse morto por outros. Essa palavra hebraica owth significa uma marca de identificação no sentido de um acerto. Quando traduzida para o grego, a palavra usada é semion, no sentido de um sinal sobrenatural de algum tipo. Essa marca pode ser o tamanho deles, por medo de serem mortos eles podem ter ficado altos. Os “Gigantes” de Gênesis 6 são tidos como pertencentes àquele mundo quando da hibridização da Terra começou e também depois daquilo. Na sentença estrutural desse contexto, os “Gigantes” podem não ter sido o nome dos descendentes; eles simplesmente estavam lá com os anjos caídos fazendo parte dos acontecimentos de antes do dilúvio. Quando Caim matou Abel, fora um acontecimento no “processo do tempo” que atualmente significa nos últimos dias. Isso pode estar sendo referido como um tempo pouco antes do grande dilúvio. O solo não fornecendo sua força talvez possa talvez não estar significando um problema agrícola, mas ao invés disso algum tipo de defeito genético. Solo, semente da terra e fruta têm tido sempre significados bíblicos referentes a elementos geográficos de forma literal, condições espirituais ou linhagem de sangue. A linhagem sanguínea de Caim talvez seja a semente da serpente mencionada em Gênesis 3. Caim era um cara mal. A Bíblia diz isso.

(I João 3:12) – Não como Caim, que era do maligno, …

No contexto acima, essa afirmação sobre Caim pode significar muito mais que o fato dele ser o maligno por ter cometido assassinato. Pode estar implícito na realidade de que ele veio do maligno. Isso estava em seu sangue. (Em Duas Sementes falarei mais sobre isso).

A linhagem “Gigante” é traçável depois do dilúvio pela mesma palavra hebraica usada para gigante como nos “filhos de Anak”. Algumas tribos tiveram essa mistura. Esses foram os únicos do Velho Testamento os quais Deus mandou destruir completamente. Apenas a linhagem dos Filisteus remaneceu contendo essa “semente”. Essa é a mesma linhagem de onde veio Golias, que era um cara alto e branco com atitudes más! A palavra Gigante também tem outro significado como um tirano ou valentão e pode ser muito mais do que apenas uma estatura física. A estatura física é claramente definida no Velho Testamento. Num 13:33, Deu 2:11, 20, 3:11, 13; Josué 12:4, 13:12, 15:8, 17:15 e 18:16.

Por mais estranho que isso possa soar a Bíblia confirma a veracidade desses fatos. As lendas mundiais das tribos “brancas” e “mestres” ascencionados podem não ser mitos, mas a continuação de encontros com essas raças do submundo. A procura de Hitler e dos nazistas por relações de sangue de um terra interior talvez tenham alguma veracidade. Se o próprio Hitler afirma ser da semente de Satanás, do mesmo modo mas de padrão oposto, pode significar que em nossos tempos modernos, os Filisteus sejam a linhagem Alemã. Não quero condenar ninguém pela sua raça ou linhagem sanguínea nacional, devo dizê-los que sou um descendente de alemães e eu amo o Senhor! Deus fez uma provisão para salvação que há muito não é mais baseada em nada que não seja fé. Em Isaías 14 existe uma profecia do fim dos tempos que indica uma mistura genética envolvendo os Filisteus e uma tribo utilizada para puní-los continuamente, que seria a tribo de Dan. Essa adulteração genética começou na alemanha nazista e continuou na América. No artigo Duas Sementes eu explico extensivamente toda essa problemática. Nesse artigo vocês verão uma verdadeira e Maravilhosa Graça.

A importância da sentença de Caim é a de que existam seres humanos vivendo num reino subterrâneo! Eles estão a parte da aliança rebelde. Os descendentes de Caim são mencionados por apenas seis gerações. Se a terra interna tem o mesmo meio ambiente que a superfície uma dia teve antes do dilúvio, a vida humana pode ter uma duração de 900 anos. Sendo esse o caso, podemos estar presenciando a último período das gerações dos descendentes de Caim!

Chuck Missler em seu livro “Alien Encounters”, aponta uma interessante mensagem escondida encriptada nas escrituras. Todos os nomes na Bíblia têm um segundo significado. Os nomes dentro da linhagem de Seth de Adão até Noé revelam todo um plano de redenção! Desses dez nomes, uma mensagem pode ser lida:

Homem chegou à tristeza mortal, O Deus abençoado descerá para ensinar. Sua morte trará o esperado descanço ou conforto!”

Quais seriam as chances matemáticas disso ser uma coincidência? Da mesma maneira podemos ordenar os nomes das seis gerações de Caim. Lendo-se:

“Atacar para possuir, fugitivo disciplinado, ferido por Deus, Quem é de Deus, Poderoso.”

Essa é a descrição de Caim atacando seu irmão para possuir o que ele achava que era dele. Ele fora disciplinado sendo setenciado como um fugitivo na terra, também “ferido ou marcado com um defeito mas mesmo assim sendo dado poder”. Poder emanado do próprio Deus. Está escrito que os descendentes de Caim foram os primeiros a criarem animais para se alimentar, criaram as artes da música, os primeiros a construir cidades e os primeiros a trabalhar com metais e os implementando para a guerra. Seria o poder místico do Vril uma parte desse poder? Existiria um elemento de verdade nesse mito maluco? Na parte de Abdução nós também discutiremos todo esse processo de aliança satânica ressucitado. Para nosso propósito aqui vamos apenas entender que a Bíblia nos diz da existência de uma Terra Oca com Habitandes Humanos Rebeldes.

Outros habitantes da terra interior: Greys (anjos caídos), Demônios e Espíritos humanos condenados.

Anjos Caídos foram presos na Terra:

Existem muitos mitos pelo mundo do “povo wee”, Fadas e Elfos através da história. Suas imagens estão gravadas em desenhos nas cavernas, em vasos antigos, até mesmo em vitrais da idade média. Essas imagens mostram os mesmos cabeçudos greys com seus grandes olhos escuros e corpo esguio. Outro artigo é dedicado a esses caras. Por agora é necessário apenas entender que eles fizeram da sua casa a terra interior. Jesus, momentos antes de se preparar para ir para a cruz, disse a seus discípulos em João 12:31

(João 12:31) – Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.

Antes da cruz, Satanás e seus anjos caídos tinham acesso ao próprio trono de Deus no reino eterno (Jó 1:6). Existia uma guerra acontecendo no céu no mesmo momento em que Jesus estava pendurado na cruz. Jesus venceu e eles perderam! O resultado dessa perda está escrito em Apocalipse 12:7-10

(Apocalipse 12:7) – E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos;

(Apocalipse 12:8) – Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus.

(Apocalipse 12:9) – E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.

(Apocalipse 12:10) – E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite.

Esse texto se define muito bem por si só, precisando de poucos comentários.

Uma ordem de seres angelicais é chamada de Serafim. A raíz da palavra para essa ordem angelical é Saraph. No idioma sânscrito hindu, saraph significa réptil. Como parte de uma hoste angelical essa poderia ser a sua forma física. Jesus disse aos seus discípulos depois de presenciarem a vitória do exorcismo de demônios das pessoas,

(Lucas 10:19) – Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.

Como já expliquei, a serpente mostrada pode ser muito mais do que uma cobra e tem muito mais a ver com a descrição dada aos “Greys”. A palavra para Escorpião é de origem desconhecida e ela pode ser fruto de amplas discussões. Neste contexto estamos falando sobre rebeldes, humanos figurativamente agindo como esses animais ou termos simples para criaturas angelicais.

Duas das entidades humanóides mais comumente vistas pelos abduzidos são os Greys reptilianos e insectóides maiores como seus líderes. Mais do que apenas uma coincidência, existe uma conexão literal entre esses dois tipos distintos de “anjos caídos” e a menção feita a serpentes e escorpiões. É uma questão de percepção devido ao fato disso não poder ter sido provado ou desaprovado nesse caso. O grande ponto aqui é o de que esses “anjos caídos” foram aprisionados na terra. Em grego isso literalmente significa em terra seca entre os homens.

Espíritos Sem Corpos:

Existe outro grupo de “Anjos que pecaram” e sua descendência, os grandes homens de fama sendo parte mortal e parte imortal. Eles foram colocados num estado fantasmagórico com a habilidade de subir do abismo em uma “corrente” de ascender e descer novamente (2 Pedro 2:4, Judas 1:6). Esse são os espíritos invisíveis, que pretendem ser fantasmas, que falam com médiuns e movem os tabuleiros de Ouija para mandar mensagens. (1 Tess 4:1, 2 Tess 2:9, 2 Co 11:14). São todos espíritos mentirosos da Nova Era que criaram sua própria receita de salvação dizendo ao homem que ele é seu próprio deus. No artigo de Abdução eu explico essa passagem para o plano físico. Deus está permitindo essa ressurreição para sua própria destruição. Existirá uma invasão dessas entidades sobre a superfície. Atualmente eles estão se preparando. Parte dessa preparação está na abdução de nossas próprias pessoas para mais algumas adulterações genéticas. Em Apocalipse 9:1 o abismo está aberto. Se esse “abismo” fosse aberto, algumas pessoas seriam levadas pra lá sem ter noção disso!

Espíritos Humanos que Partiram:

Na descrição dada no texto em Lucas 16, Jesus falou de uma terra de duas câmaras; o homem rico que morreu sem crer em Deus e foi para o inteirior da terra no Hades. Por essa e muitas outras passagens mencionando a mesma coisa, sabemos que as almas humanas que partiram e morreram na descrença do evangelho foram para uma área do Inferno, literalmente debaixo da terra.

As Modernas Abduções são Subterrâneas e não Extraterrestres!

Acredito que a maioria dos casos de abdução são verdadeiros. O problema é a regressão hipnótica. Neste processo é difícil distinguir fato de imaginação, ou possíveis intervenções demoníacas. Uma vez que o subconsciente é trazido à tona, a imaginação toma conta disso. Mas como podemos diferenciar um do outro? Não podemos. Do ponto de vista Cristão, é importante estarmos no controle de nossa própria mente sob regressão hipnótica. Formas passivas como “deixar fluir” dão possibilidade do controle de nossas mentes por outras entidades. Esse processo é proibido na Bíblia para nossa própria segurança. A hipnose te coloca num estado mental sem controle!

Na Conferência dos Procedimentos dos Estudos de Abdução realizadas no MIT em 1992, os maiores cientistas, doutores e pesquisadores no campo, estudaram 300 casos de abdução. Estava participando o vencedor do prêmio Nobel da Paz, o Dr. John E. Mack. Esses casos foram selecionados, pois eles tinham muitas memórias cognitivas, testemunhas e documentação. Dos 300 casos, 31 incluíam a observação de um lugar. O lugar mais comum era dentro de uma nave mãe. Os abduzidos deixavam uma nave pequena e se encontravam em um “hangar” grande. Alguns viam outros ambientes diferentes à sua volta (mas não a transição deixando a terra indo para o espaço, ou entrando num mundo alienígena no espaço). Em dez casos envolvendo essas transições aparecem eles indo para um mundo subterrâneo. Em alguns casos as naves afundam no mar, entram em cavernas ou um túnel escuro feito na pedra. Em todos esses casos eles eventualmente veêm a paisagem do mundo ao redor. Dois tipos distintos são vistos; num deles a paisagem é esparsa com uma vegetação decadente, mais parecendo um deserto, com sinais de devastação. Tipicamente é escuro ou nebuloso com um pequeno sol avermelhado quando aparece. Uma cidade futurista é vista no meio. A segunda paisagem é mais brilhante e uniforme com uma luz difusa, sem sol, sem horizonte visível, de vegetação rica e úmida também com uma cidade futurista, mas obviamente subterrânea.

Ambas cenas são explicadas pelos abdutores, que seus planetas sofreram algum tipo de desastre e eles tinham um problema de reprodução. É por isso que eles pegam ovos e esperma humanos. Esses mesmos seres nos alertam das mesmas catástrofes que virão de encontro à terra. Algum experimentam cerimônias religiosas e místicas menospresando a preciosidade da vida.

O tempo de transporte entre a terra e o outro mundo é negligenciado. Devido a isso, esses pesquisadores insistem na crença de que essas jornadas são extraterrestres. Essa evidência é muito boa a favor do fato de que se for verdadeira, eles nunca se viram saindo daqui ou entrando em outro mundo do espaço, eles sempre estão num lugar escuro ou outro mundo subterrâneo, e ainda que a viagem é realizada em questão de poucas horas. Nunca passou pelas cabeças dessas pessoas bem formadas de que talvez essas naves nunca tenham deixado a terra ou, ao invés disso, tenham descido para o interior da terra. Claro que isso se quer é considerado, porque a ciência afirma que a terra não é oca! Então eles vão para outro mundo que é oco. Se essas teorias têm alguma verdade, como eu acredito que tenham, eles estão é indo para o Inferno ou Sheol ou Node, e não para outro planeta! Isso então significaria que o abismo foi aberto e o Apocalipse 9 já está sobre nós. Creio na integridade dessa conferência e que fora muito bem feita. Seus próprios resultados dão suporte à terra interna como destino e origem e não uma agenda E. T. que muitos gostariam de acreditar.

Nenhum outro Nome!

Em sua objetividade eles também incluiram o fato de que essas abduções pararam de acontecer quando a pessoa usava o nome de JESUS! Também ao cantar hinos cristãos ou recitar passagens da Bíblia têm sudo efetivos em pararem uma abdução. Reais como acredito que sejam as abduções, essa é uma indicação clara de que esse é um problema espiritual e também físico.

Essa experiência factual também está em concordância quando a Bíblia diz, em Fil 2:9-11:

(Filipenses 2:9) – Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

(Filipenses 2:10) – Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,

(Filipenses 2:11) – E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai.

Conclusão do Caso:

Meu querido leitor, nos dias que estão por vir é de extrema importância entendermos a verdade Bíblica. A Bíblia é muito mais do que mito e histórias de criança. Ela é toda a Cosmologia e História da humanidade do seu início ao seu fim. Reexaminando as escrituras no seu idioma original à luz do conhecimento do século 21, passagens obscuras tomam vida e falam de termos atuais.

Espero ter mostrado que a Bíblia ensina que existe uma terra oca. Coisas que não são mencionadas pela física de partículas são os buracos nos pólos. Um sistema de cavernas circulares através da terra para “proteger” ou selar as câmaras internas também são mostradas em Jó 41:15.

A lógica e entendimento de uma vida subterrânea e espíritos existindo numa terra oca faz sentido quando você adiciona os mitos e lendas em contras com o que a Bíblia realmente tem a dizer. Você não pode descontar os muitos testemunhos dos abduzidos ou as ações suspeitas dos governos, que nos mostram pistas de conspiração.

Existe também um alerta especial para muitos que crêem na Terra Oca e outros que possuem uma ampla variedade de credos que incluem uma esperançosa ajuda dos “amigáveis” seres internos prontos para “iluminarem” a nós moradores da superfície. Em nenhum lugar das escrituras você irá achar quaisquer sugestões ou pistas de que quaisquer coisas na Terra até o presente momento desde a ressurreição de Cristo é boa! Existem apenas rebeldes contra o Deus único e verdadeiro que moram aqui ou escaparam por ali. Eles não têm boas intenções para com a humanidade; eles têm a sua própria agenda. Parte dessa agenda é uma invasão da superfície já profetizada. Você poderá entender isso de maneira mais clara no artigo sobre Abduções ou Por que Roswell. Se você não crer nas verdades Bíblicas vindas de um Deus que é Amor, essa Aliança Rebelde do interior da Terra irá de enganar! Você será enganado por essa Aliança Rebelde do inteior da Terra! Seu lar é o que conhecemos e chamamos de Inferno! A TERRA É OCA! O Inferno é real!

1. Alien Encounters by Chuck Missler and Mark Eastman1997Koinonia House Pub

pg 212, 274, 332,333 – post flood reappearance of “Giants”

pg 213, 240,241- difference of disembodied spirits and fallen Angels

pg336 – implications of post flood “Giants”

2. The Omega Conspiracy by I.D.E. Thomas Hearthstone Pub. U.K. 1986

pg 119 – offspring of fallen angels and human sentenced as disembodied spirits in “pit”.

Pg 140-142 – Jesus’s decent into earth and encounter with spirits in the earth.

Pg 152-156 – Giant’s return after flood and linage traces

3. Arktos The Myth of the Pole in Science, Symbolism, and Nazi Survival by Joscelyn Godwin Adventure Unlimited Press

1996

pg 86 – invasion from inner earth

pg 113 – H.M. Howell Eden inside the earth

pg 115-117 Koresh’s ideas and angelic visitation

pg 135- Blavatsky’s Polar description accepted and understood by Hitler

pg 136 – Pole reversal making “pit” place of prominence

4. The Occult Roots of Nazism: by Nicholas Goodrick-Clarke 1985-1992 University Press NY.

Pg 19-22 Blavatsk and Secret Doctrine

5. The Mourning of the Magicians: by Louis Pauwels and Jacques Bergier 1960-1991 Scarborough House Pub.

Pg 147 – Vril Society and “The Coming Race”

pg 154-157 – Hans Horbiger and doctrine of fire and ice

pg 172 – Hitler’s quote on Globalism and the elite people who shall lead it

pg 203 – Hitler’s quote about the god-men as an object of worship

6. Man Made UFO’s 1944-1999 by Renato Vesco and David Hatcher ChilderessAdventure Press 1994

pg 6 of Intro – German Antarctic expedition

pg7 of intro – Admiral Byrd’s Antarctic expedition

7. The Occult Connection: UFO’s Secret Societies and Ancient Gods:by Ken Rundall Omega Foundation 1990

pg 196,197 – Vril power, Hollow earth Hitler’s desire to make contact

pg 201 Appendix – Admiral Byrd’s “lost diary”

pg 201- Missing Scientist’s Antarctic refuge

8. The Occult Conspiracy: by Michael Howard 1989 Destiny Books|

pg 107 – background of Bulwer-Lytton

pg 109 – ” The Coming Race” influence on Hitler

pg 129 – Agarthi as underground kingdom wroiting of “Secret Doctrine”

9. The God’s of Eden by William Bramley Avon Books 1990 N.Y.

Pg 384 – Himmler’s vision of SS Nation envy of the world.

Pg 388 – Nazi belief in Aryan “superman” that existed underground.

10. The Genesis Record by Henry M. Morris 1976 Baker Books

pgs 142-145 – The pre-flood world

11. Hebrew-Greek Key Study Bible Edited by Spiros Zodhiates THD AMG Pub. 1984,1991|reference section Pg 1651 –

Comment on word “visited” of Isa 26

12. The Book Of Enoch Translated by Richard Laurence LLD 1821 Artisan Sales 1980

Chapter 18:1-7 quote about gravity

13. Alien Discussions (Proceedings of the Abduction Study Conference held at M.I.T. Cambridge, Ma 1992) by Andrea and

David Pritchard, John E. Mack, Pam Kasey, Claudia Yapp: Editors North Cambridge Press 1994

pg 73,74 – transitions and destinations as viewed by captives

pg 235,236 – Identification with Jesus stopped abductions

14. The Lost World of Agharti The mystery of Vril Power by Alec Maclellan 1982,1996Souvenir Press

pg 25 – integral part of Buddhist beliefs are Agharti, the subterranean World of which Buddhism is the philosophy of

pg29-33 – various myths and legends of inner realm

pg 102 – Hitler’s influence by ” The Coming Race”

pg 104 – Buddhist inner earth belief and influence on Hitler

pg 109 – Nazi’s import Lamas to Germany, declare the knowledge of inner earth opening

pgs 118-121, 137,139, – various myths of South American “white tribes that live in caves

pg 160 – Shawnees belief of prior “white” tribe existing in Florida before they did

pg 227,228 Quote and Prophecy from “King of the World” as given to Ossendowski from Tibetan Lama

15. The Hollow Earth Enigma by Alec Maclellan 1999 Souvenir Press U.K.

Pg 32,33 – various myths of inner origins of man

pg 35 – Halley’s work on Hollow Earth

pg 90 – Hitler’s attitude about truth in Myths

pg 106 – Admiral Byrd’s flights, 1929 movie

pg 108-110 – Admiral Byrd’s “lost diary”

pg 113 – Last diary entry of Byrd’s before death

Other sources:

Videos:

1. Journey to the Hollow Earth by International Society for a Complete Earth 1995 Indy Home Video

2. UFO: Deception of the New World Order by Prophecy Club Topeka Kansas.


Anúncios

10 comentários sobre “Uma Terra Oca

  1. Mas… que coisa! Como espiritualista sem rumo, sempre tenho a mente aberta… quem sabe essa pode ser A verdade!
    Agradeço muito e sinceramente pelo texto e pelo ótimo trabalho.

    É interessante, muitos ufólogos hoje em dia falam de supostas bases alienígenas dentro da Terra ou no mar. Ainda me pergunto se estas bases não poderiam estar lá desde os primórdios da Terra, de seres que realmente vieram de fora da Terra e lá se instalaram… mas não duvido de nada neste mundo. E seu texto me trouxe outra visão, tudo tão bem explicado e descrito. Mais uma vez, agradeço muitíssimo! Vou continuar a ler tuas postagens.
    Abraço!

    1. Aceite Jesus como seu único Senhor e Salvador. Confesse os pecados que tens cometido contra Ele em seu coração, confesse que crê na Sua morte e ressurreição e deixe que Ele seja o dono de sua vida em todos os aspectos. Aí então sentirás um grande arrepio em seu ser, esse é o Espírito Santo te “possuindo” para abrir seus olhos espirituais para a única verdade. Orarei para ti Ana, para que saia desta procura espiritual. Sinto que você está quase lá ao ler suas palavras, falta só aquele ato “cego e impensado” de fé para te jogar de vez no mundo dos eleitos, aí então nos veremos junto ao Pai. O Retorno do Mestre está próximo, não deixe que as armadilhas do diabo de seduzam, pois no passar do tempo elas serão cada vez mais fáceis de alcançar e sedutoras, porém mentirosas. Abraço.

  2. Sinceramente, com todo respeito, acho que dizer que a Terra é oca já é paranóia. Não sabemos exatamente como é o núcleo da Terra, mas sabemos que não pode ser oco, senão a gravidade seria muito menor. Um cristão deve ter equilíbrio, algo que, com todo o respeito, está faltando a você.

    1. Seguinte, se o seu “equilíbrio” se baseia no que estão explicando pra você no colégio ou faculdade, cuidado, pois a Academia filtra tudo o que você está estudando justamente para ir longe do que realmente te cerca. A teoria da evolução é uma dessas grandes mentiras e todo mundo acredita nela. Não use só o meu site como fonte de conhecimento, vá a fundo na coisa antes de achar que sou desequilibrado. O que posto aqui é só uma introdução a vários assuntos, pois não tenho intenção de ser um livro online, mas de aguçar a curiosidade do verdadeiro Cristão a procurar por coisas que o mundo não vai mostrar a vocês. Como explicar a mudança súbita de correção numa bússola em determinadas latitudes? Uma terra opaca não suporta uma explicação para isso, mas uma terra oca sim. Se ela é oca ou não, eu não me importo, mas se isso vier à tona, não ficarei surpreso. Tenha maturidade em sua busca irmão, e busque a informação a fundo. Acha que acreditei de cara na teoria da Terra Oca? De jeito nenhum, mas busquei a fundo sobre o assunto para poder ter argumento para postar algo aqui. O problema é que vai encontrar a maior parte dessa pesquisa em inglês e não em português.

  3. Mas penso que, independentemente de acreditarmos ou não na Terra Oca, isso não vai ser o ponto de salvação. Nós, cristãos, temos coisas mais importantes para nos preocuparmos e espero que você respeite minha opinião.

    1. Com certeza irmão, Terra sendo oca ou não isso eu nunca mencionei como condição para salvação. Mas para dar crédito ao testemunho da Bíblia. Sei que parece ser loucura aos olhos dos homens, mas só Deus conhece tudo nesse universo. A postagem da terra oca serve mais como curiosidade acadêmica do que qualquer coisa. Simplesmente é mais um item na intrincada conspiração ufológica que levará ao engano até mesmo os escolhidos se isso fosse possível!

  4. Boa tarde, irmão!

    Muito bom seu site, muito edificante e vê-se que é o trabalho minucioso de quem quer disseminar a Palavra da Vida a fim de que muitos possam encontra a Salvação.
    Shalom!
    Esse estudo sobre a terra oca é muito interessante e seus mistérios vão diretamente de encontro a um outro conceito que tem trazido muitas pessoas, principalmente no exterior a fortalecerem mais na fé e no conhecimento das escrituras.

    Já ouviu falar na teoria da Terra Plana?
    Depois de vários estudos e um susto inicial, visto que gostava muito de documentários sobre a vastidão do espaço e todos seus conceitos, assim como livros na área, como o célebre Uma Breve História do Tempo, para mim ela já não é mais teoria, mas uma verdade.
    A terra, como nos contam as escrituras sagradas hebraicas desde há muito, é plana e fechada por um domo. É impossível sair daqui.
    “Ninguém subiu ao céu, se não aquele que desceu do céu”- , como é dito no Evangelho, nós sabemos quem foi, Yeshua, o Filho do Homem.
    Vc encontrará vasto material, mas somente em inglês. Há quase nada em nosso idioma. Principalmente nos EUA e Europa, muitos estudiosos que vão contra a ordem vigente do mundo já estão bastante avançados nos estudos e experimentos a esse respeito.
    Compreendendo os princípios desse conceito que foi a verdade mais aceita por milhares de anos, muita coisa que parece não fazer sentido, se explica. Se conferir, vai perceber como tudo passa a se encaixar de uma maneira estarrecedora!!!!!!
    Há muitos vídeos no youtube de cientistas amadores que enviaram foguetes não tripulados até grande alturas do céu (40 mil metros) e, diferente das versões “oficiais” das agências “científicas” a terra aparece como ela é e a Bíblia há tempos nos conta: plana em todo o momento da subida seja de foguete ou de balão e o sol e a lua beeeem menor do que querem que acreditemos.
    Se nos livramos da “cultura científica imposta” no último século, o círculo da terra mencionado no versículo, será o que é, um círculo plano, não uma esfera… Conceitos como o domo rígido do céu, o arco íris, os 4 pilares e cantos da terra, o abismo, o sheol, o dilúvio, as águas de cima, e as águas nas quais subsiste a terra, as concepções judaicas pré-Copérnicas (aliás, assíduo frequentador de escolas de mistério, e erudito eremita que fora católico) fazem muito mais sentido quando unidas às ideias do seres decaídos de glória que enganam as nações desde tempos imemoriais sobre terem vindo do céu e para lá indo e retornando, buscando tirar o homem, a terra do centro da criação, do centro do universo, a fim de tirar os créditos das escrituras sagradas hebraicas, e apagar a ideia do DEUS CRIADOR, YHWH, das mentes e corações dos que lhes dão ouvidos.

    Vou colocar alguns pontos relevantes:
    – a nova Jerusalém com medidas de 2200Km em todos os lados.
    Numa terra com a circunferência dita pela ciência moderna, teríamos as laterais deste imenso cubo a mais de 20km, agora um cubo deste assentado numa terra plana ja não haveria este problema.
    – apesar de não ser mais usual hoje em dia, pq uma farol tem alcance de aproximadamente 200km? Porém, pela circunferência que dizem ter passando de 38km já não se poderia ver mais nada.
    – imagina na vinda do Senhor Yeshua onde todo o olho verá, faz mais sentido numa terra plana, certo?
    – o fato de não existir rota de aviões pelo oceano Pacifico.
    – a bandeira da ONU nos mostra o mapa mais perto do que sabemos ser a terra realmente. (ELES SABEM a verdade e a escondem)
    – o sol e a lua foi criado depois da terra, como vemos em Genêsis…
    – Não mais existirão…
    – As estrelas cairão! Não sendo do tamanho de que dizem, visto que aniquilariam tudo antes de aqui chegarem.
    – Herdaremos a terra e não moraremos no céu, como dita a concepção pagã, enredada pelo “deuses”, mas esse descerá aqui, depois do Milênio com o Rei Yeshua e estaremos sempre com o Eterno Pai, sem necessidade de sol, pois Ele mesmo iluminará a Terra.

    O Grande engano, a operação do erro, tmb tem vindo há tempos em forma de PS, CGI, e fabulosas técnicas cinematográficas que possível fora, enganaria até os escolhidos.
    Paulo já nos alertava sobre isso em suas cartas.

    Abraços e ate mais

    1. Aleluia irmão. Bastante material em seu comentário é que Deus continue a iluminar-te. Pesquisarei mais a fundo sobre isso. Sinceramente. E que a paz do Senhor Jesus esteja contigo.

  5. ‘Flat Earth’ ao termo inicial para começar as pesquisas…

Os comentários estão desativados.